Cruzeiro x Atlético-MG

Representantes dos clubes, da FMF e Polícia Militar se reuniram na tarde desta terça-feira para decidir regras do clássico que decidirá o Mineiro 2019-Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

Valinor Conteúdo
16/04/2019
18:33
Belo Horizonte

Representantes de Atlético-MG, Cruzeiro, da Federação Mineira de Futebol (FMF) e Polícia Militar se reuniram na tarde desta terça-feira para organizar os trâmites do clássico decisivo do Campeonato Mineiro 2019, que será neste sábado, 20 de abril, às 16h30, no Independência.

Todas as esferas envolvidas no clássico discutiram sobre a divisão das cargas de ingressos e a proibição de bandeiras e instrumentos para os torcedores cruzeirenses, que serão minoria no jogo de volta entre os maiores rivais de Minas.

A ata da reunião determinou que será colocada à venda 22.452 torcedores, sendo 92% para os atleticanos, enquanto os cruzeirenses terão direito a 1.871 bilhetes, o que representa cerca de 8% da carga total. A venda presencial de ingressos para os cruzeirenses será na bilheteria do Barro Preto e acontecerá apenas na quinta-feira, 18 de abril, de 10h às 17h, com valores de R$120 a inteira e R$ 60 a meia-entrada.

A PM de Minas e os administradores do Independência sugeriram que os Cruzeirenses não levassem instrumentos e bandeiras para o estádio, o que foi acatado, gerando a proibição da entradas desses itens no jogo do sábado.

Já os ingressos para os torcedores do Galo continuam sendo vendidos desde o domingo, 14 de abril, logo após o primeiro clássico da final, pela internet. A venda presencial estará disponível nas lojas do alvinegro a partir desta quarta-feira, 17 de abril, de 10h às 17h. Não haverá comercialização de entradas nas Lojas do Galo na sexta-feira, 19 de abril, e sábado, 20, dia do jogo. Potro ponto de vendas será na bilheteria do Independência, que ficará aberta até o sábado.

O Cruzeiro precisa de um empate no Independência para garantir o bicampeonato do Estadual, pois venceu por 2 a 1 o jogo de ida.Para o Galo, basta uma vitória por qualquer placar para levantar o troféu do Campeonato Mineiro pela 45º vez.