Comemoração Eduardo Sasha - Coritiba x Atlético-MG

O Galo foi dominante no primeiro tempo, fez o placar e administrou a etapa final, saindo com os três pontos-(Twitter/Coritiba)

Valinor Conteúdo
06/09/2020
22:32
Belo Horizonte

O Atlético-MG conseguiu um importante resultado neste domingo, 6 de setembro, ao vencer o Coritiba por 1 a 0, gol de Eduardo Sasha, garantindo três pontos e agora soma 15, apenas dois atrás do líder internacional, mas com uma partida a menos.

O duelo teve tudo para ter sido decidido já na primeira etapa, se o Galo não perdesse tantas chances de marcar. O Coxa teve algumas chances, mas na base do “abafa”, já que a equipe comandada por Jorginho está se credenciando a ser um dos times que lutarão contra o rebaixamento.

A equipe mineira dominou a maior parte do jogo, soube controlar a bola e o destaque do jogo foi Sasha, que se apresentou como Sampaoli deseja: frequentando a pequena área rival e ainda sendo útil na armação de jogadas.

O resultado levou o Atlético para a terceira posição e pode até assumir a ponta na próxima rodada, quando encara o Santos fora de casa. Já o Coritiba termina a rodada na zona do rebaixamento com sete pontos e preocupa a sua torcida para a sequência do campeonato.

Improvisação na esquerda, primeiro tempo dominante e Sasha oportunista

O Galo de Sampaoli começou com com Allan na lateral-esquerda no lugar de Guilherme Arana, que ganhou um descanso. O treinador argentino mostra que conta pouco com Fábio Santos, especialista na posição. Apesar do improviso de um volante no lado de campo, o Atlético foi soberano na etapa inicial e esteve muito perto de sair de campo com 2 a 0 no placar.

E, Eduardo Sasha parece atender o anseio de Sampaoli por um jogador que consegue jogar tanto dentro, quanto fora da área. O gol alvinegro no primeiro tempo, de Sasha, foi de um típico centroavante que fica sempre rondando a pequena área adversária.

Troca de uniformes

No primeiro tempo, as camisas de Galo e Coxa estavam visualmente confusas e o árbitro pediu a troca no segundo tempo e foi atendido. Problema de uniformes solucionado.

Coritiba é candidato à queda

O Coxa voltou à Série A em 2020, mas terá de ficar muito focado em se manter na primeira divisão, pois é um time inconsistente na defesa e muito frágil na criação de jogadas, o que deve preocupar muito o torcedor coxa-branca.

Galo controlou o jogo no segundo tempo para conseguir mais três pontos

O alvinegro não teve a mesma “sede” pelo gol do primeiro tempo, mas foi estratégico: se manteve com a bola, controlando as ações e atacava sempre com mais objetividade. A preocupação para os próximos jogos é não perder tantos gols como aconteceu no Couto Pereira. Várias chances foram desperdiçadas pelo Galo. Já o Coritiba teve alguns bons momentos com Sassá, mas não foi suficiente para conseguir o empate.

Próximos jogos

O Galo enfrenta o Santos, quarta-feira, 9 de setembro, na Vila Belmiro, às 21h30. Já o Coxa terá pela frente o Goiás, em Goiânia, também dia 9, só que às 18h. Os dois jogos são válidos pela nona rodada do Brasileiro.


FICHA TÉCNICA

CORITIBA 0 X 1 ATLÉTICO-MG
Data-Horário: 6 de setembro, às 20h30
Estádio-Local: Couto Pereira, Curitiba(PR)
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos e Jucimar dos Santos Dias(ambos da BA)
VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior(PE)
Cartões amarelos: Jair(ATL), Júnior Alonso(ATL),Savarino(ATL), robson(COR)
Cartões Vermelhos:

Gol: Eduardo Sasha, aos 32’-1ºT(0-1)


Coritiba: Wilson; Jonathan(Natanael, aos 42’-2ºT), Rhodolfo Filemon, Sabino e William Matheus; Matheus Galdezani(Igor Jesus-intervalo), Matheus Sales, Matheus Bueno(Giovanni, aos 38’-2ºT) e Giovanni Augusto(Hugo Moura, aos 10’-2ºT); Robson e Sassá. Técnico:Jorginho


Atlético-MG: Rafael, Guga, Igor Rabello, Júnior Alonso e Allan. Jair, Alan Franco(Bueno, aos 43’-2ºT) e Hyoran(Guilherme Arana,aos 11’-2ºT), Keno(Marquinhos, aos 24’-2ºT), Savarino e Eduardo Sasha(Marrony, aos 43’-2ºT). Técnico: Jorge Sampaoli