Arena MRV

O Galo conseguiu nos últimos grandes avanços para iniciar as obras do seu estádio-(Foto: Divulgação MRV/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
02/10/2019
19:42
Belo Horizonte

O Atlético-MG deu um grande e importante passo para iniciar a obras da Arena MRV. O clube conseguiu nesta quarta-feira,2 de outubro, o documento que autoriza a intervenção ambiental no terreno onde será construído o estádio.

Foi liberado o Documento Autorizativo para Intervenção Ambiental (DAIA), após reunião extraordinária do Copam(Conselho Estadual de Política Ambiental), órgão da Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

O DAIA era uma das condicionantes que a Prefeitura de Belo Horizonte exigiu para que a arena atleticana conseguisse a Licença de Instalação (LI) no local das obras, para enfim, iniciar os trabalhos.

A obtenção da DAIA foi custosa, pois no mês passado, o Copam não a liberou porque uma das conselheiras pediu vistas do processo adiando a votação para outubro.

Foi a segunda grande vitória do clube em dois dias, já que o Galo será favorecido pelo projeto de lei 817/2019, aprovado em segundo turno na Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH), que muda o uso e ocupação do solo, permitindo dividir o terreno em várias partes, criando a possibilidade de ceder parte da área onde ficará a Arena MRV para cuidados de órgãos ambientais. O PL segue para sanção do prefeito Alexandre Kalil, autor da proposta.

Agora, o clube terá de apresentar à Prefeitura de Belo Horizonte as 55 condicionantes exigidas para autorizar a LI e colocar a primeira pá de concreto no erguimento do sonho atleticano. A previsão de entrega da obra é para 2022.