Atlético-MG x Sport

Fábio Santos marca o gol da virada atleticana contra o Leão- Pedro Vale/AGIF

Valinor Conteúdo
30/09/2018
17:56
Belo Horizonte

O Atlético-MG esperava uma forte retranca do Sport antes do jogo deste domingo, 30 de setembro, no Independência. A necessidade de não perder apontava para uma partida truncada por parte dos pernambucanos. O que aconteceu foi exatamente o contrário na goleada por 5 a 2 da equipe mineira sobre o Leão.

O Sport só ameaçou uma única vez. E mesmo assim, com auxílio do rival, que marcou um gol contra, em cabeçada de Leonardo Silva. Em alta velocidade, a equipe mineira foi pra cima e “matou” o duelo em 21 minutos, ainda no primeiro tempo, arrematando o jogo na etapa final.

O Galo diminuiu a distância para o Flamengo e de quebra, realizou a sua melhor apresentação até agora no Brasileiro, apesar da fragilidade do adversário.

Se o Atlético-MG só teve bons predicados no jogo, o Sport aumentou seu calvário no campeonato, mantendo a vice-lanterna da competição, com 24 pontos, e piorando muito o seu saldo negativo de gols.

Agora são 21 gols de débito da equipe do Recife. O Galo chega aos 45 pontos e abre oito pontos do Cruzeiro, seu concorrente mais direto pelo sexto lugar no momento.

O Atlético-MG enfrenta na próxima rodada a Chapecoense, em Chapecó, às 16h, no sábado, 6 de outubro, enquanto o Sport encara um dos líderes do campeonato, o Internacional, em casa, na sexta-feira, dia 5 de outubro, às 19h.

Gol rápido e susto no Galo

O Sport tentou surpreender o Atlético-MG e tentou começar o jogo no ataque. Em um escanteio batido por Marlone, Leonardo Silva cabeceou e acabou mandando para as redes atleticanas. Um susto para o torcedor e na equipe alvinegra. O Leão sonhou por alguns minutos com os três pontos.

Reação imediata e gol de empate

A equipe de Thiago Larghi não se apavorou, trocou bolas rapidamente, imprimiu velocidade, principalmente com Chará, em grande tarde. E com o colombiano que veio a jogada do gol de empate. Ele recebeu na esquerda, avançou para a área e rolou para Elias, que chutou de primeira no canto esquerdo de Magrão.

Hora da virada

Ricardo oliveira disputa a bola com o zagueiro Durval, que deixa o braço aberto, cometendo a penalidade máxima a favor dos mineiros. O infalível, até aqui, Fábio Santos vira para o Galo aos 26 min e dá alívio à Massa.

Golaço no Horto

Dois minutos após virar o jogo, o lateral Emerson ganha do lateral Sander, domina a bola no alto, não a deixa cair, controla, dribla a zaga e coloca com maestria de canhota no canto do goleiro Magrão. Uma pintura do jovem lateral, anotando 3 a 1 para o alvinegro.

Virou goleada

A defesa do Sport estava numa péssima tarde. Em uma bobeira, Cazares toma a bola de Durval e Magrão e marca o quarto gol atleticano. Milton Mendes ainda perderia Durval, expulso após levar o segundo cartão amarelo por cometer falta em Ricardo Oliveira.

A esperança é a última que...

Michel bastos marca o segundo gol e tenta uma nova reação do Leão no jogo aos 11 min do segundo tempo.

Boa jogada

Chará foi um dos melhores em campo com muitas jogadas para os companheiros. Em tabela com Fábio Santos, o colombiano sai na cara do gol, mas Magrão defende aos 18 min.

Plantando bananeira e morte da esperança

Numa goleada como esta, o artilheiro da equipe , Ricardo Oliveira, não queria ficar de fora sem anotar o seu gol e voltar a marcar após duas partidas. Oliveira recebeu pelo lado esquerdo passe em profundidade e bateu firma no canto de Magrão. O quinto gol do Galo. Ricardo mostrou vitalidade, aos 38 anos, comemorando o gol ao plantar uma bananeira e andar somente com as mãos. A esperança do Sport de empatar foi enterrada de vez pelo vice-artilheiro do Brasileiro com 11 gols.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 5 X 2 SPORT
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 30/9/2018 - 16h
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Daniel Luis Marques (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP).
Público/renda: 22.654 pagantes/R$ 252.750,00
Cartões amarelos: Durval(SPO), Sander(SPO), Marcão Silva(SPO), Gabriel(SPO), Iago Maidana(ATL)
Cartões vermelhos: Durval(SPO)
Gols: Leonardo Silva (6'/1ºT- contra) (0-1), Elias (8'/1ºT) (1-1), Fábio Santos(26'/1ºT- pênalti) (2-1), Emerson(28'/1ºT) (3-1), Cazares(Nathan 29'/1ºT) (4-1), Michel Bastos(11'/2ºT) (4-2), Ricardo Oliveira(25'/2ºT) (5-2),

ATLÉTICO-MG: Victor; Emerson, Léo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Zé Welison, Elias(Matheus Galdezani, aos 34’ do 2º T), Luan(Edinho, aos 40'/2ºT). e Cazares(Nathan, aos (28'/2ºT). Chará e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

SPORT: Magrão; Ernando, Ronaldo Alves, Durval e Sander; Marcão Silva, Jair, Michel Bastos e Marlone (Andrigo, aos 40'/2ºT).; Mateus Gonçalves (Gabriel, aos (6'/2ºT). e Rafael Marques (Raul Prata, aos (37'/1ºT). Técnico: Milton Mendes.