Em súmula, árbitro relata motivo de expulsão de Hulk em Atlético-MG x Palmeiras

Atacante do Galo recebeu cartão vermelho ainda na primeira etapa por reclamação em lance que sofreu falta


Escrito por

Hulk foi expulso no duelo entre Atlético-MG e Palmeiras, em novo capítulo polêmico envolvendo a arbitragem brasileira. Ainda na primeira etapa, o atacante recebeu dois cartões amarelo seguidos por reclamação, aos 30 minutos; a partida terminou com goleada do Verdão por 4 a 0.

➡️ Siga o Lance! no WhatsApp e acompanhe em tempo real as principais notícias do esporte

A decisão do árbitro Rodrigo José Pereira de Sá deixou o jogo e o clima na Arena MRV mais tensos. Em súmula relatada nesta terça-feira, a autoridade da partida justificou a expulsão do camisa 7 mineiro.

- Expulsei do campo de jogo com a aplicação do segundo cartão amarelo o Sr. Givanildo Vieira Souza (Hulk), n° 7, da equipe do Atlético-MG. Após receber cartão amarelo por reclamação, o mesmo partiu em minha direção de maneira acintosa, ficando face a face comigo e gritando de forma desrespeitosa as seguintes palavras: "me diz o porquê do cartão, me diz o porquê". Após ter sido expulso, o mesmo empurra meu rosto com o dedo indicador de forma ofensiva, se negando a sair do campo de jogo. Quando o jogador decidiu deixar o campo de jogo, proferiu a seguinte frase em direção ao árbitro: "filho da p***". Com isso, a partida ficou paralisada por três minutos - afirmou Rodrigo.

Durante seu caminho em direção aos vestiários do estádio, Hulk apontou para as câmeras de transmissão e reclamou sobre o cartão. O ex-Seleção chegou a dizer que é a segunda vez que o mesmo árbitro o sanciona desta maneira em sua passagem pelo Galo.

atletico hulk
Hulk, jogador do Atletico-MG, é expulso e reclama com a arbitragem durante partida contra o Palmeiras (Foto: Gilson Lobo/AGIF)

Perdendo a partida apenas pelo placar mínimo ao ato da expulsão, o Atlético de Milito voltou perdido na segunda etapa e viu Piquerez, Estêvão e Flaco López ampliaram o marcador. Após o apito final, Paulinho iniciou uma briga com Marcos Rocha, alegando ter sofrido uma cotovelada do lateral palmeirense, e também foi expulso.

Com o resultado negativo, a equipe mineira estacionou na nona colocação, com 13 pontos em oito jogos. O Palmeiras, por sua vez, está em quinto, com 17, a apenas dois do líder Botafogo.

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter