Fortaleza x Atlético-MG - Disputa

O time mineiro teve mais 'coração' em campo do que bom futebol mais uma vez (Foto: Bruno Cantini / Atlético)

Valinor Conteúdo
02/11/2019
19:12
Belo Horizonte

Fortaleza e Atlético-MG ficaram empatados por 2 a 2, gols de Gabriel Dias, duas vezes, Patric e Fábio Santos, na tarde deste sábado, 2 de novembro, no Castelão, na capital cearense. O resultado não foi bom para ninguém em termos de tabela, pois o Galo chega aos 36 pontos, ficando ainda colado no grupo de times que lutam contra o Z4, enquanto o Fortaleza perdeu uma grande chance de abrir distância dos rivais da parte de baixo da classificação.

> Confira a classificação atualizada e simule resultados no Brasileirão

A equipe cearense também tem 36 pontos, mas vence os mineiros nos critérios de desempate. As posições dos dois times não se alteraram, com o Leão do Pici estando na 12ª colocação, enquanto o Galo é o 13º.

O time de Vagner Mancini teve vários problemas na partida, pois perdeu Guga, que se chocou com Gabriel Dias e teve de deixar o campo, indo a um hospital. Ainda bem que nada grave foi constatado. Outra baixa foi Geuvânio, que voltou a ser titular e foi expulso com 13 segundos do segundo tempo, quebrando qualquer estratégia do treinador atleticano.

Já o Fortaleza perdeu a chance de sair de campo vitorioso, pois teve mais volume na partida, porém recuou muito rápido o time quando fez o segundo gol. O Alvinegro foi para cima na força e na raça, arrancando um empate mais por abdicação dos cearenses em jogar do que pela qualidade do Galo.

Fortaleza com todo o gás

O time cearense se apoiou no estádio lotado, mais uma vez, e imprimiu um ritmo de jogo em alta velocidade, assustando o Galo, que veio com uma formação bem diferente, com Guga aberto como ala e Patric ficando mais na parte defensiva.

Preocupação com Guga

Em encontro de laterais, Guga e Carlinhos se chocam de cabeça, e o árbitro Rodolpho Toski Marques para a partida para atendimento dos dois jogadores. O jogador do Galo se sentiu mal e acabou substituído, por Fábio Santos. Guga foi levado para um hospital, para cumprir o protocolo de concussão da FIFA, mas passa bem.

Alegria no Castelão...do Fortaleza

Em boa jogada de Osvaldo, o atacante recebeu na entrada da área do Galo, cruzou na primeira trave e Gabriel Dias ganha no alto, mandando para as redes de Cleiton.

Galo reage rápido

O Galo reagiu e empatou com Patric. O lateral aproveitou um chutão de Felipe Alves e chutou de longa distância, contando com a colaboração do goleiro, que falhou no lance. 

Defesa dá “mole” outra vez

Em lance parecido com o primeiro gol, o Fortaleza cobrou o escanteio e Gabriel Dias marca o seu segundo gol na partida, segundo do Leão do Pici.

Que isso, Geuvânio!

Com 13 segundos do segundo tempo, o meia atleticano faz uma falta tola em Gabriel Dias, e o árbitro expulsou o atleta.

Jogo fica truncado

O Fortaleza abriu mão de jogar, com menos intensidade na partida, enquanto o Galo tentava se erguer, buscando o empate, mesmo com um a menos.

Persistência premiada

O Galo, mesmo sem fazer um jogo bom, não abriu mão de tentar chegar à meta do Fortaleza, sendo premiado aos 41 minutos do segundo tempo, quando Fábio Santos, contestado pela torcida, bateu cruzado no canto esquerdo de Felipe Alves. 

Agenda dos clubes

O Galo terá na 31ª rodada o Goiás, na quarta-feira, 6 de novembro, às 20h, no Mineirão. O Fortaleza vai enfrentar o Corinthians, fora de casa, às 19h30, também na quarta-feira, 6/11.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 2 X 2 ATLÉTICO-MG
Estádio
: Castelão-Fortaleza(CE)
Data-hora: 2 de novembro de 2019, às 17h
Arbitragem: Rodolpho Toski Marques(PR)
Assistentes: Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos(PR)
VAR: Heber Roberto Lopes(SC)
Cartões Amarelos: Jackson, Felipe, Wellington Paulusta(FOR), Réver, Geuvânio, Di Santo(ATL)
Cartão Vermelho: Geuvânio(ATL)
Público e renda: não divulgados

Gols: Gabriel Dias, aos 14’-1ºT(1-0), Patric, aos 23’-1ºT(1-1), Gabriel Dias, aos 27’-1ºT(2-1), Fábio Santos, aos 41’-2ºT(2-2)

FORTALEZA: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Jackson, Carlinhos; Juninho, Felipe; Osvaldo(Marlon-intervalo), André Luis, Romarinho(Felipe Pires, aos 6’-2ºT), Wellington Paulista(Kieza, aos 26’-2ºT). Técnico: Rogério Ceni.

ATLÉTICO-MG: Cleiton; Guga(Fábio Santos, aos 21’-1ºT), Réver, Igor Rabello e Patric; Zé Welison, Geuvânio, Nathan(Bruninho-intervalo),Terans(Marquinhos, aos 33’-2ºT), Luan e Di Santo.