Calebe pode ser um dos jovens observados por Dudamel, que declarou desejo de contar com atletas vindo das categorias inferiores do Galo

Calebe deixou o sub-20 no ano passado e foi promovido ao profissional sendo muito utilizado por Jorge Sampaoli-(Pedro Souza/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
02/03/2021
17:54
Belo Horizonte

O Atlético-MG exerceu o direito de compra e adquiriu em definitivo os direitos econômicos do meia Calebe, que estava emprestado pelo São Paulo desde 2019. Com a permanência confirmada, o jogador e o clube mineiro assinaram vínculo até fevereiro de 2024.

O Galo pagou R$ 400 mil ao Tricolor do Morumbi para ficar com o jogador, que veio inicialmente para reforçar o time sub-20. O time mineiro detém agora 70% dos seus direitos econômicos.

Calebe, que foi titular na estreia do Galo no Mineiro contra a URT, atuou em várias jogos no Brasileirão, sendo titular em duelos importantes diante de São Paulo e Sport por exemplo. Sua estreia no profissional foi na derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, em São Paulo.