Sampaoli deixou claro que vai fazer o Galo jogar sempre em busca do gol

Sampaoli deixou claro que vai fazer o Galo jogar sempre em busca do gol (Foto: Bruno cantini/Atlético-MG)

LANCE!
09/03/2020
15:42

O técnico Jorge Sampaoli, de 59 anos, visto pelo torcedor do Atlético-MG como a pessoa capaz de elevar o nível do time, foi apresentado pelo time alvinegro na tarde desta segunda-feira, 9 de março, na Cidade do Galo.

O argentino deu logo o seu recado sobre a montagem do elenco e como quer a postura atleticana em campo, seja ela dentro ou fora de casa.

-Eu diria apenas uma palavra sobre o meu trabalho: ataque. Para mim, o ataque é o desejo que me gera este time, que me parece um pouco apagado, um pouco temeroso. Jogadores que tiverem temor não vão poder estar aqui. A ideia é que a gente vá a campo e tomemos frente a qualquer equipe que enfrentarmos- disse o treinador.


Jorge Sampaoli, que assinou contrato com o Atlético até o fim de 2021, já fez suas observações sobre o time, quando acompanhou a vitória do Galo sobre o Cruzeiro, por 2 a 1, no clássico do último sábado, pelo Campeonato Mineiro.

-Era muito necessário ganhar o clássico, porque nos mantém com chance de competir pelo Mineiro. A euforia da torcida vinculada ao exterior tem que ser gerada no futuro pelo que se faz em campo. Ou seja, o time tem que representar o Atlético por um sistema que permita uma identificação através de uma ideia. Se uma ideia não é o principal, o projeto não tem muito sentido. No sábado, vi muito nervosismo, desespero, urgência. Pouco jogo. Se tenho os melhores jogadores, tenho que jogar.

O novo comandante atleticano também falou do projeto de fazer o Galo protagonista no cenário nacional ainda em 2020.

-O Atlético, pela minha característica, será um time extremamente de ataque, que vai tentar ser protagonista a todo tempo em qualquer campo que jogar e contra qualquer equipe, sem nenhum tipo de temor e nenhum tipo de resguardos. Isso é o que me identifica e é o que vim trazer para cá. Não ganhar por ganhar, mas ganhar de um jeito.

Jorge Sampaoli, inclusive citou o Flamengo como modelo e meta do Atlético para ser forte e disputar o protagonismo nas competições em que disputará.

-Quando recebemos o segundo chamado do Atlético para estar aqui, avaliamos jogadores. A ideia principal é incutir uma cultura do jogo que permita dominar os jogos, ser protagonista, atacar, não importa quem esteja diante e em que cenário joguemos. Que o Atlético joguei em qualquer lugar, que a torcida se entusiasme para ver o time jogar-disse, para em seguida mostrar que a equipe carioca pode ser um dos nortes do treinador em seu trabalho no time mineiro.

-Nós viemos com ideia disso, se mirar aqueles times como Flamengo. Times que alcançou um investimento, que têm plantel rico, numeroso, com jogadores de capacidade, com um técnico capaz, que reinou não só no Brasil mas na América. É um exemplo que temos que imitar um pouco para alcançar outro nível. com jogadores de hierarquia, e estilo identificado com a ideia do treinador. Hoje, não somente Flamengo, mas Inter, Grêmio, Santos, há um monte de times com ideia similar e temos que começar do zero. E não começaremos do zero em janeiro, começaremos em março. Temos que ser assertivos para enfrentar equipes muitos preparadas em um torneio muito exigente como o Brasileiro- concluiu.

Jorge Sampaoli estreia no comando do Galo no sábado, 14 de março, às 19h, diante do Villa Nova, em Nova Lima, pela nona rodada do Campeonato Mineiro.