Mattos tem a meta de colocar o Galo entre os protagonistas no futebol brasileiro novamente

Alexandre Mattos pede "calma" com a euforia criada em torno do Galo-(Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
13/07/2020
18:09
Belo Horizonte

O Atlético-MG foi às compras nesta pausa do futebol por conta da pandemia do coronavírus e se tornou o clube mais visado do Brasil, pois desponta como possível postulante ao título do Campeonato Brasileiro. Todavia, o diretor de futebol alvinegro, Alexandre Mattos, pede uma "ajuste de expectativas" sobre o Galo, já que vê pelo menos outras cinco equipes em melhores condições que o time mineiro.

- É bom equilibrar a expectativa. É legal começar (um trabalho) com essa energia. É importante essa expectativa, esse positivismo de querer levantar o projeto, mas a gente tem que equilibrar. O Atlético vem em um processo de reformulação, jogadores ainda chegando, jogadores que ainda nem treinaram com o elenco. O Sampaoli vem fazendo um trabalho de excelência no dia a dia, mas a gente tem que entender que a gente precisa de um tempo, de um lastro de trabalho, e muitas vezes a gente não consegue controlar o tempo que a gente necessita - disse Mattos em entrevista à Rádio Itatiaia, que emendou:

-Equilibrar e entender que hoje existem projetos que estão na frente do Atlético. Por tempo, por treinador há mais tempo, por jogadores se conhecem melhor, já sabem o que o treinador quer. Ainda estamos em um embrião do projeto. Temos cinco, seis, sete equipes do futebol brasileiro que estão acima do Atlético neste momento. E estamos tentando, no dia a dia, com o trabalho da comissão, dos atletas, diminuir a distância pra essas cinco, seis, sete equipes do futebol brasileiro. Aí sim, quem sabe, corresponder à expectativa que está sendo criada neste momento - explicou.

Outro ponto destacado por Mattos é a distância do Atlético neste momento para seu ex-clube, o Palmeiras, que na visão do diretor, tem um trabalho de mais tempo, mais consolidado.

- Absolutamente, não(Do Galo estar no mesmo estádio do Verdão). O Palmeiras tem um projeto que vem de longa data, com praticamente os mesmos jogadores, mesma filosofia, processos implantados desde 2015. Está tudo implementado e vai ficar por muito tempo. O Palmeiras está alguns degraus à frente do Atlético. Ainda estamos montando time. Futebol é coletivo. Não dá pra pegar o lateral e comparar com o outro, o zagueiro e comparar com o outro. Temos outras equipes que estão à frente do Atlético e muito próximas do Palmeiras. Vou citar o Grêmio, o Inter, o São Paulo. Equipes que estão, na minha opinião, à frente do Atlético e próximas do Palmeiras, que ainda tem um projeto muito forte, duradouro-concluiu.