Mineiro 2020 ainda está indefinido e pode ter o Coelho como campeão sem uma final

O Estadual de Minas Gerais continua sem data para voltar após tentativa da FMF em retomar o certame no dia 26 de jjulho-(Bruno Cantini/Atlético-MG)

Valinor Conteúdo
29/06/2020
11:18
Belo Horizonte

As autoridades de saúde do Governo de Minas Gerais vetaram a retomada do Campeonato Mineiro no mês de julho, como desejava a Federação Mineira de Futebol(FMF) após reunião com a Secretaria de Saúde de Minas. A ideia da entidade era retomar a competição no dia 26 de julho, mas o aumento significativo de casos da Covid-19 nos últimos dias, vão retardar mais uma vez a conclusão do torneio, parado desde o dia 16 de março.

Na manhã desta segunda-feira, 29 de junho, a Secretaria de Saúde do Estado divulgou uma nota vetando a retomada do Estadual. Além do alto número de casos de coronavírus em Minas, mais de 41 mil, o Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais (COES-MG) analisou o protocolo apresentado pela FMF para volta dos jogos, não dando o “ok” à realização de partidas no estado.

Confira a nota oficial da SES-MG

-O Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais (COES-MG) avaliou os protocolos apresentados pela Federação Mineira de Futebol (FMF) e pelos times mineiros, e que solicitava o retorno às atividades do futebol para o Campeonato Mineiro.

Diante de um panorama com piora da situação epidemiológica e assistencial, em que, inclusive, foi recomendado o retorno de todos os municípios que aderiram a Deliberação do Comitê Extraordinário COVID-19 nº 39 de 29 de abril de 2020 (Plano Minas Consciente) para a onda verde, a avaliação feita foi de que nenhum protocolo seria adequado ao momento.

Havendo uma melhora do panorama epidemiológico e assistencial os protocolos serão reavaliados para que a atividade seja retomada com segurança a vida dos envolvidos. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) entende a importância do futebol e do esporte na vida do brasileiro, mas nenhum protocolo seria adequado ao momento.

A Federação pretendia, com a volta dos jogos no dia 26 de julho, encerrar a competição sem alterar sua fórmula e mantendo todas as datas previstas no arbitral, cumprindo as rodadas finais da fase de classificação e os mata-matas, com semifinal e final.

Para atender as exigências sanitárias, a FMF propôs ter uma sede única para os jogos, que não teriam público. Todos os duelos seriam disputados em Varginha, no Sul do Estado.

O campeonato está parado desde o dia 16 de março, na nona rodada. Faltando duas para o encerramento da fase de classificação, ainda tem de se definir os classificados às semifinais, times que jogarão a Série D de 2021 e os rebaixados.