Volei - Brasil x Turquia

Brasil disputou jogos da Liga Mundial de Vôlei na capital turca (Foto: Divulgação/FIVB)

RADAR / LANCE!
28/06/2016
18:51
Istambul (TUR)

O atentado que causou pânico no Aeroporto de Istambul nesta terça-feira não passou em branco pelas meninas da Seleção Brasileira Feminina de Vôlei. Horas após homens-bomba causarem duas explosões no terminal internacional do local, matando 28 pessoas e ferindo em torno de 60, segundo a Agência Reuters, a atleta Sheilla Castro apressou-se a dizer, via Twitter, que todas da seleção estão bem neste momento.


A Seleção Feminina disputou durante o final de semana partidas pela Liga Mundial de Vôlei na capital turca. O atentado, no qual os homens-bomba também abriram fogo com três rifles, foi lamentado por Sheilla na postagem.

Sheilla Castro (Foto: Reprodução / Twitter)
Sheilla Castro lamenta ataque, que ainda não teve autoria reivindicada (Foto: Reprodução / Twitter)

Segundo informações da Agência turca Dogan, nenhum grupo reivindicou a autoria do ataque. Porém, há a suspeita de uma ação do Estado Islâmico.