icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/08/2015
21:39

Os brasileiros Alison e Bruno Schmidt estão na decisão do Grand Slam de Long Beach (EUA), do Circuito Mundial de vôlei de praia. Neste sábado, na semifinal, eles bateram os holandeses Brouwer/Meeuwsen por 2 sets a 0, com parciais de 21-18 e 21-17). Na final, eles terão pela frente os americanos Lucena/Dalhausser, que conseguiram passar pelos espanhóis Herrera/Gavira por 2 a 1, de virada.

- Passamos por muita coisa nesse torneio até chegarmos à final. Começamos bem na chave de grupos, sofremos uma derrota, mas arrumamos a casa. O sábado foi uma grande batalha. O Bruno foi um guerreiro e superou todas as cãibras nas quartas de final. Para quem não sabe, se ele caísse na quadra acabava o jogo. Tentei ajudar ao máximo e pedia para ele aguentar e ficar em pé. Na semifinal tivemos a adversidade do calor e buscar o resultado. A superação faz parte do nosso time, da nossa identidade. Temos que passar por isso se quisermos chegas à Olimpíada - afirmou Alison.

- Nunca senti tanta dor na pena, mas a gente tem que lidar com isso. O tempo todo o Alison e a comissão técnica me diziam que eu estaria melhor, e eu acreditei nisso. Estou bem melhor fisicamente, apesar da temporada longa - explicou Bruno.

Na disputa da chave feminina, Larissa e Talita também vão lutar pela medalha de ouro na competição. As brasileiras passaram na semifinal pelas australianas Bawden e Clancy por 2 sets a 0 (21-17 e 21-18).

As finais acontecem neste domingo. Os times vencedores da etapa de Long Beach nos dois gêneros somam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial. Após a etapa nps Estados Unidos, o tour segue para o Grand Slam da Polônia, de 25 a 30 de agosto.

Os brasileiros Alison e Bruno Schmidt estão na decisão do Grand Slam de Long Beach (EUA), do Circuito Mundial de vôlei de praia. Neste sábado, na semifinal, eles bateram os holandeses Brouwer/Meeuwsen por 2 sets a 0, com parciais de 21-18 e 21-17). Na final, eles terão pela frente os americanos Lucena/Dalhausser, que conseguiram passar pelos espanhóis Herrera/Gavira por 2 a 1, de virada.

- Passamos por muita coisa nesse torneio até chegarmos à final. Começamos bem na chave de grupos, sofremos uma derrota, mas arrumamos a casa. O sábado foi uma grande batalha. O Bruno foi um guerreiro e superou todas as cãibras nas quartas de final. Para quem não sabe, se ele caísse na quadra acabava o jogo. Tentei ajudar ao máximo e pedia para ele aguentar e ficar em pé. Na semifinal tivemos a adversidade do calor e buscar o resultado. A superação faz parte do nosso time, da nossa identidade. Temos que passar por isso se quisermos chegas à Olimpíada - afirmou Alison.

- Nunca senti tanta dor na pena, mas a gente tem que lidar com isso. O tempo todo o Alison e a comissão técnica me diziam que eu estaria melhor, e eu acreditei nisso. Estou bem melhor fisicamente, apesar da temporada longa - explicou Bruno.

Na disputa da chave feminina, Larissa e Talita também vão lutar pela medalha de ouro na competição. As brasileiras passaram na semifinal pelas australianas Bawden e Clancy por 2 sets a 0 (21-17 e 21-18).

As finais acontecem neste domingo. Os times vencedores da etapa de Long Beach nos dois gêneros somam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial. Após a etapa nps Estados Unidos, o tour segue para o Grand Slam da Polônia, de 25 a 30 de agosto.