Pauline/Fernanda Nunes, Érica Freitas/Danielle e Izabel/Camila (Foto: Divulgação/CBV)

Final Circuito Nacional de Vôlei de Praia 2015, no Rio (Foto: Divulgação/CBV)

RADAR / LANCE!
08/11/2015
17:31
Rio de Janeiro (RJ)

A quarta etapa do Circuito Nacional de Vôlei de Praia 2015 chegou ao fim, neste domingo. Érica Freitas e Danielle (MG/MS) estiveram no topo do pódio feminino e Nilton e Anderson Melo (RO/RJ) venceram pela categoria masculina. Os confrontos aconteceram na Escola de Educação Física do Exército, no Rio de Janeiro.

A dupla  Érica Freitas e Danielle,  superou a derrota na estreia e venceu Pauline e Fernanda Nunes (RJ) na decisão por 2 sets a 0 (21/15 e 21/12). Ao final da partida, a mineira Érica Freitas elogiou a parceira e comemorou resultado positivo.

- Estou muito feliz. Nós começamos a parceria agora, foi nosso primeiro torneio. Não nos conhecíamos muito bem, mas a Danielle é uma ótima pessoa. Perdemos no primeiro jogo, mais pela falta de entrosamento. Conversamos e vimos que tínhamos potencial de melhorar e conseguimos o título logo na estreia -  comentou Érica.

Pelo torneio masculino a juventude levou vantagem sobre a experiência. Nilton e Anderson Melo (RO/RJ) levaram a melhor sobre Rodrigo Saunders e Guto (CE/SP) por 2 sets a 1 (24/22, 22/24 e 15/9). O rondoniense, Nilton, comentou sobre a vitória.

- O nível do campeonato é muito alto. Foi muito bom vencer. Nossa parceria é recente, estamos em nosso quarto ou quinto torneio, somos jovens e enfrentamos uma dupla muito experiente" -  contou Nilton.

Na disputa pelo bronze entre as mulheres a dupla, Izabel e Camila (PA/RJ), passou por Luiza Amélia e Luciana (CE) por 2 sets a 0 (21/18 e 22/20). No masculino a terceira posição ficou com Felipe Cavazin e Alexandre (PR/RJ), que venceu  Klaus e Ícaro (PB) por 2 sets a 0 (21/17 e 21/14).

O torneio ainda serviu para as sessões práticas do Curso para Candidatos a Árbitro Internacional de Vôlei de Praia. Após as etapas no Rio de Janeiro, Salvador (BA) e Brasília (DF), o torneio volta à capital fluminense e seguirá para Maringá (PR). As quatro etapas de 2016 ainda não foram anunciadas pela Confederação Brasileira de Voleibol.