icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/08/2015
07:30

Titular contra o Flamengo, na noite da última quarta-feira, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, o zagueiro Anderson Salles celebrou a vantagem conquistada pelo time cruz-maltino, após a vitória de 1 a 0, mas ressaltou que, agora, o foco tem de ser o Campeonato Brasileiro.

- Conseguimos uma vantagem, mas uma vantagem pequena. Agora, não é pensar no Flamengo, temos de pensar no Goiás. Respeitamos a equipe deles, mas temos de vencer. Só vencendo vamos sair dessa situação (o Vasco está na última colocação, com apenas 13 pontos) - disse o jogador, que lembrou, porém, que a vitória no clássico pode dar uma animação a mais à equipe de São Januário:

- Uma vitória no clássico eleva bastante (o moral). Sabíamos que seria um jogo diferente. A partir de agora, no Brasileiro, todo jogo tem de ser um clássico.

Segundo Anderson Salles, Jorginho, técnico que assumiu o time no último domingo, conversou bastante com o elenco antes da partida.

- Sabíamos da dificuldade que íamos encontrar, até por estarmos com a autoestima baixa devido à campanha no Brasileiro. Mas viramos a chave. Jorginho tentou nos fazer acreditar em nós mesmos. Acho que o que pesou foi a ajuda um com o outro, o tempo todo um procurando o outro - concluiu.



[[GAL:LANPGL20150820_0002]]

E MAIS:
> Jorge Henrique decide, Vasco vence o Fla e sai na frente na Copa do Brasil
> ATUAÇÕES: Jorge Henrique comanda a vitória do Vasco sobre o Flamengo 
> Jorge Henrique se emociona e oferece gol da vitória do Vasco para o filho


Titular contra o Flamengo, na noite da última quarta-feira, no primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, o zagueiro Anderson Salles celebrou a vantagem conquistada pelo time cruz-maltino, após a vitória de 1 a 0, mas ressaltou que, agora, o foco tem de ser o Campeonato Brasileiro.

- Conseguimos uma vantagem, mas uma vantagem pequena. Agora, não é pensar no Flamengo, temos de pensar no Goiás. Respeitamos a equipe deles, mas temos de vencer. Só vencendo vamos sair dessa situação (o Vasco está na última colocação, com apenas 13 pontos) - disse o jogador, que lembrou, porém, que a vitória no clássico pode dar uma animação a mais à equipe de São Januário:

- Uma vitória no clássico eleva bastante (o moral). Sabíamos que seria um jogo diferente. A partir de agora, no Brasileiro, todo jogo tem de ser um clássico.

Segundo Anderson Salles, Jorginho, técnico que assumiu o time no último domingo, conversou bastante com o elenco antes da partida.

- Sabíamos da dificuldade que íamos encontrar, até por estarmos com a autoestima baixa devido à campanha no Brasileiro. Mas viramos a chave. Jorginho tentou nos fazer acreditar em nós mesmos. Acho que o que pesou foi a ajuda um com o outro, o tempo todo um procurando o outro - concluiu.



[[GAL:LANPGL20150820_0002]]

E MAIS:
> Jorge Henrique decide, Vasco vence o Fla e sai na frente na Copa do Brasil
> ATUAÇÕES: Jorge Henrique comanda a vitória do Vasco sobre o Flamengo 
> Jorge Henrique se emociona e oferece gol da vitória do Vasco para o filho