David Nascimento
06/02/2017
11:00
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de três rodadas no Campeonato Carioca, o Vasco vira a chave para a Copa do Brasil. Na quinta-feira, o time comandado pelo técnico Cristovão Borges vai até o Rio Grande do Norte, local da estreia diante do Santos-AP. Questionado sobre se terá força máxima na partida, ele foi claro: sempre.

- Sempre com força máxima. Só se os jogadores estiverem sentindo, porque isso pode acontecer. Tem sido bastante desgastante. Pode ser que não tenha a recuperação de uma partida para a outra. Mas sempre que tivermos todo mundo à disposição, vamos com força máxima. É uma competição importantíssima e vamos jogar com tudo nela - afirmou o treinador.

Diante do Resende, no último domingo, em jogo que o Vasco saiu de campo com a vitória de virada por 2 a 1, o meia Bruno Gallo foi titular. Ao responder se o jogador será mantido na posição na próxima partida, Cristovão Borges fez questão de analisar o desempenho e também aproveitou para falar do duelo.

- Ele entrou muito bem no jogo. E outra coisa que a gente tem trabalhado e precisamos melhorar, é a saída de bola. Ele é um jogador que tem condição de marcação boa e muita qualidade de saída de bola. Organiza bem o jogo. A ideia foi essa. A equipe teve algumas dificuldades na primeira parte do primeiro tempo, mas depois melhorou. Mas ainda estamos fazendo muita força. Temos que jogar com um pouco mais de naturalidade - destacou.

O Vasco volta a treinar na manhã desta segunda-feira, em São Januário.