Nene - Vasco

Nenê é uma das esperanças do Vasco no duelo deste domingo (Foto: Cleber Mendes/Lancepress!)

LANCE!
29/11/2015
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Ninguém disse que seria fácil. Pelo contrário, cada jogo é um sofrimento. Cada ponto deixado pelo caminho causa lamentos profundos. Mas o jogo deste domingo exige confiança. A torcida do Vasco sabe, mas não custa lembrar a importância da vitória sobre o Santos, em São Januário, para que, na última rodada, escapar do rebaixamento ser algo realmente palpável. O jogo será às 17 horas, o site do LANCE! fará transmissão em tempo real, e o cruz-maltino tem dez motivos para crer que, sim, o time pode escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

Um dos motivos é a excelente fase de Nenê. O líder do Vasco é decisivo com gols e assistências nesta arrancada contra a degola. Aliás, a própria reação da equipe, que já teve 99% de chances de cair à Série B segundo os matemáticos, merece crédito.

A evolução justifica outros dois fatores: um é a consistência defensiva, visto que até de 6 a 0 o Gigante da Colina chegou a perder. Outro motivo é a atenção com a qual os jogadores têm entrado em campo. O time anda tão ligado que chegou a estar vencendo o Corinthians, campeão brasileiro, mesmo após ter tido um jogador expulso.

Alguns dos atletas vascaínos merecem destaque. Um deles nem é titular, mas faz gols importantes: Rafael Silva. É absurdo imaginar como sendo dele o gol salvador? Outro é Riascos, que conseguiu voltar a balançar a rede e está mais confiante. O terceiro é Rafael Vaz. Novamente titular, desta vez pela suspensão de Luan, carrega a estatística de ainda não ter perdido neste Brasileiro.

Um dos fatores mais importantes para o torcedor vascaíno é o fato de o Santos vir ao Rio com os suplentes. O Alvinegro Praiano está poupando os atletas principais para a decisão da Copa do Brasil, na quarta-feira.

- A vantagem é que os reservas não têm o ritmo de jogo dos titulares. E a desvantagem é que eles vão entrar querendo jogo. De qualquer maneira, seria complicado - pondera Nenê.

O Estádio de São Januário esteve lotado no duelo contra o Corinthians. Em um campo onde muitos adversários não gostam de jogar, a torcida, na Colina Histórica, precisa, novamente, jogar junto.

Também é motivo para acreditar o fato de, nesta altura da competição, a equipe não ter jogadores lesionados. Com tanta coisa envolvida, Nenê pensa apenas positivo:

– Esses jogos serão como final de Copa do Mundo, como tem sido os outros. Procura não pensar muito negativamente, só nas possibilidade de nos salvarmos.

PEIXE ALTERNATIVO

Priorizando a Copa do Brasil, que terá a decisão na quarta-feira, contra o Palmeiras, o Santos viajou ao Rio de Janeiro só com reservas, com exceção do goleiro Vanderlei, que é dúvida para a partida.

Entre os 22 relacionados, o técnico Dorival Júnior promoveu dois atletas da base do Peixe: o zagueiro Lucas Veríssimo e o atacante Wesley. Na última rodada, o Alvinegro visitou o Coritiba com uma equipe mista e perdeu por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA
VASCO X SANTOS


Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 29/11/2015 - 17h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS).

VASCO: Martin Silva, Madson, Rodrigo, Rafael Vaz e Julio Cesar; Diguinho, Serginho, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos - Técnico: Jorginho.

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Werley, Leonardo e Chiquinho; Alison, Ledesma e Rafael Longuine; Marquinhos, Geuvânio e Nilson - Técnico: Dorival Júnior.