Vila Nova x Vasco - Comemoração gol de Nenê (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

Nenê e Rodrigo estão no top cinco dos que mais jogaram na série invicta (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br)

David Nascimento
27/05/2016
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Desde o dia 1º de novembro de 2015, o Vasco não sabe o que é perder. Ao longo destes quase sete meses até hoje, a equipe de Jorginho entrou em campo em 30 oportunidades, vencendo 22 vezes e empatando oito. Fez 48 gols e sofreu somente 13. Os números apresentam uma solidez do trabalho em todo o clube, com os homens da invencibilidade sendo aclamados pelo presidente Eurico Miranda.

Por meio do site do Vasco, Eurico Miranda divulgou um levantamento com os 32 jogadores utilizados pelo técnico Jorginho ao longo das 30 partidas de invencibilidade até agora. Entre os cinco que mais participaram, há uma distribuição dos setores. Nenê no ataque (29 jogos), Andrezinho na ligação no meio de campo (25) e Martin Silva (27), Madson (27) e Rodrigo (26) representando o setor defensivo.

– Todo jogador do Vasco está indo em seu limite em todas as partidas. Isso contribui na sequência do bom trabalho que está sendo feito. Cada vez que a invencibilidade aumenta, para o elenco sobe a confiança em campo. O trabalho fica muito leve, com tranquilidade para todos que participam – afirmou Marcelo Mattos, em entrevista coletiva após o treinamento de quinta-feira, em São Januário.

Os invencíveis do Vasco seguem o trabalho bem produtivo apresentado até os dias de hoje. O entrosamento do elenco, mantido desde o ano passado, fundamenta esta questão. Os torcedores vascaínos, das arquibancadas, aplaudem o feito até agora, e continuam incentivando para que o ritmo não caia.

PARTICIPAÇÕES NA SÉRIE

29 jogos
Um jogador: Nenê

27 jogos
Dois: Madson e Martin Silva

26 jogos
Um: Rodrigo

25 jogos
Cinco: Andrezinho, Jorge Henrique, Julio Cesar e Luan

23 jogos
Um: Julio dos Santos

22 jogos
Um: Riascos

20 jogos
Um: Marcelo Mattos

19 jogos
Um: Eder Luis

18 jogos
Dois: Thalles e Yago Pikachu

15 jogos
Dois: Diguinho e Rafael Vaz

9 jogos
Um: Bruno Gallo

7 jogos
Um: Caio Monteiro

6 jogos
Dois: Evander e Henrique

5 jogos
Três: Jomar, Mateus Pet e Serginho

4 jogos
Um: Rafael Silva

3 jogos
Dois: Jordi e Matheus Índio

2 jogos
Um: Aislan

1 jogo
Cinco: Andrey, Bruno Ferreira, William Barbio, Guiñazú e Leandrão