CRB x Vasco

Vasco promete ter caminho pesado na Série B (Pei Fon/Lancepress!)

RADAR / LANCE!
13/05/2016
14:41
Rio de Janeiro (RJ)

A busca do Vasco por voltar à elite do futebol brasileiro promete ser bem árdua. Além de campeões estaduais e até regionais, o Cruz-Maltino terá pela frente uma série de jogadores renomados como adversários da Série B (alguns deles, com passagens por São Januário).

O LANCE! detalha como vem cada rival da equipe de Jorginho para a competição. Confira quais são os destaques que pode dar trabalho aos vascaínos, rodada por rodada.

SAMPAIO CORRÊA

Motivado por estar a um empate de conquistar o Campeonato Maranhense (venceu por 2 a 1 o Moto Club na ida, e o jogo de volta ocorre na próxima quarta-feira), o Sampaio Corrêa comandado por Petkovic aposta no poder de fogo de Edgar e na velocidade de Pimentinha para tentar surpreender o Vasco na estreia de ambos na Série B. A Bolívia ainda traz um ex-vascaíno no elenco: o lateral-esquerdo Guilherme Santos, campeão carioca em 2003 com o clube carioca.

Classificação no ano anterior: 8º lugar.

TUPI

Comandado pelo experiente treinador Ricardo Drubscky, o Tupi entra na Série B tentando esquecer sua pífia participação no Campeonato Mineiro (quando esteve a três pontos do descenso).O Galo Carijó, recém-promovido à elite, conta com nomes como Glaysson, Tiaguinho, Hiroshi e Thiago Silvy para se firmar na Série B.

Classificação no ano anterior: 3º lugar na Série C

VILA NOVA

Visando esquecer a decepção de se manter por mais um ano na fila do Campeonato Goiano, o Vila Nova aposta em um pacote de contratações para fazer uma boa campanha na Série B. Até o momento, são dez reforços que desembarcaram no Tigre, dentre eles Marcelo Cordeiro, os atacantes Vandinho, com passagens por Avaí e Flamengo, e Pedro Carmona, que tende a fazer sua estreia já na terceira rodada, contra o Vasco.

Classificação no ano anterior: Campeão da Série C

BAHIA

Passada a perda do título estadual, o Bahia deposita suas forças no elenco repleto de jogadores renomados. Do goleiro Marcelo Lomba à dupla de ataque formada por Thiago Ribeiro e Hernane Brocador, o Tricolor de Aço traz nomes que são lembrados por várias torcidas, casos do recém-contratado Renato Cajá, de Edgar Junio, Tinga, além do técnico Doriva.

Classificação no ano anterior: 9º lugar

OESTE

Além da fraca campanha no Campeonato Paulista, que culminou no rebaixamento para a Série A2, o Oeste chega à Série B como uma incógnita em seus bastidores. O clube teve uma tentativa mal-sucedida de parceria com o Osasco Audax (na qual Fernando Diniz seria o treinador), e tenta a liberação do Estádio dos Amaros para a competição nacional. Com isto, os torcedores da equipe de Itápolis iniciarão a Série B com nomes da base, como Ricardo Bueno, Mazinho, Fernandinho e Ligger.

Classificação no ano anterior:
16º lugar

GOIÁS

Embalado pelo bicampeonato goiano, o Goiás também recorre à série de jogadores rodados para conseguir uma das vagas do acesso, após ter caído precocemente na Copa do Brasil. A equipe comandada por Enderson Moreira traz alguns conhecidos da torcida vascaína: o volante Wendel, os meias Jhon Cley e Léo Lima, que acertou seu retorno ao Esmeraldino. Também estão no Serra Dourada a dupla de ataque Rafhael Lucas e Cléo.

Classificação no ano anterior: 19º lugar (Série A)

JOINVILLE

Campeão da Série B no ano de 2014 (quando o Vasco subiu em terceiro), o Joinville bateu na trave novamente na decisão do Campeonato Catarinense, ao perder o título para a Chapecoense. Para voltar à elite, o técnico Hemerson Maria aposta no paredão Agenor, no meia Diego Felipe e no atacante Juninho.

Classificação no ano anterior: 20º lugar na Série A

ATLÉTICO-GO

Após ter amargado a decepção de cair para o modesto Anápolis na semifinal do Goiano, o Atlético-GO chega à Série B de técnico novo e contando com uma mescla entre conhecidos da torcida e reforços. O experiente goleiro Márcio e o volante Pedro Bambu seguem na equipe, que agora tem a expectativa de gols nos pés de Júnior Viçosa e traz novidades como Michel e Caion.

Classificação na edição anterior: 14º lugar

NÁUTICO

Ainda na fila do Campeonato Pernambucano, o Náutico vê na volta de Alexandre Gallo ao comando da equipe como uma luz no fim do túnel para a Série B. O Timbu segue contando com a segurança de Júlio Cesar na meta, além do veterano Maylson, do artilheiro Ronaldo Alves e do atacante Rafael Coelho (outro jogador com passagem pelo Vasco).

Classificação na edição anterior: 5º lugar

PAYSANDU

O Paysandu chega à Série B repleta de confiança após suas conquistas no primeiro semestre: o Campeonato Paraense e a Copa Verde. Para coroar o ano com o acesso, a equipe comandada por Dado Cavalcanti conta com o veterano Augusto Recife, e os atacantes Leandro Cearense e Alexandro.

Classificação no ano anterior: 7º lugar

LONDRINA

Eliminado nas quartas de final do Campeonato Paranaense, o Londrina retorna à Série B depositando suas fichas em nomes que chamam atenção dos torcedores. O atacante Keirrison, que passou por Coritiba e Palmeiras, tende a formar dupla com Bruno Batata, e o volante ex-vascaíno Jumar são alguns dos nomes que o técnico Cláudio Tencati tem à disposição, ao lado de jogadores como Bídia e Zé Rafael.

Classificação no ano anterior: 2º lugar na Série C

CRB

Bicampeão alagoano e adversário do Vasco na segunda fase da Copa do Brasil, o CRB tem como trunfos o faro de gol de Neto Baiano, os meias Gérson Magrão e Dakson (que passou pelo Cruz-Maltino) e o goleiro Juliano. A equipe ainda tem outra opção para o ataque: Lúcio Maranhão, artilheiro na campanha do Estadual.

Classificação no ano anterior: 11º lugar

PARANÁ

Finalista do Campeonato Paranaense, o Paraná chega à Série B tendo Lúcio Flávio e Nadson como motores da equipe. O técnico Claudinei Oliveira também confia no paredão Marcos e no faro de gol de Robson para fazer uma boa campanha.

Classificação no ano anterior: 13º lugar

AVAÍ

Após um Campeonato Catarinense para lá de turbulento (com direito ao Segundo Turno desastroso), o Avaí conta novamente com Silas como seu comandante e mostra algumas armas conhecidas para incomodar na Série B. Além do goleiro Renan e do veterano Marquinhos, o meia Vinícius Pacheco desembarcou na Ressacada para fortalecer o setor ofensivo da equipe.

Classificação no ano anterior: 17º lugar na Série A

BRASIL DE PELOTAS

De volta à Série B, o Brasil de Pelotas tenta se redimir após a instável campanha do Gauchão. Comandado por Rogério Zimmermann, o Xavante traz o meia Marcos Paraná como destaque.

Classificação no ano anterior: 4º lugar na Série C

LUVERDENSE

Campeão mato-grossense, o Luverdense do técnico Júnior Rocha confia no poder de fogo de Alfredo para obter o acesso. Além dele, a aposta no ataque é Douglas Baggio, jovem revelado pelo Flamengo.

Classificação no ano anterior: 10º lugar

BRAGANTINO

O Bragantino inicia a Série B tentando apagar a frustração do primeiro semestre, quando sua permanência na Série A2 do Paulista foi cravada. Para isto, o Massa Bruta confia no veterano Felipe, goleiro com passagens por Corinthians e Flamengo, conta com o zagueiro Douglas Silva (que teve passagem pelo Vasco na Série B de 2014) e Eliandro, e contratou recentemente o meia Leandro Brasília.

Classificação no ano anterior: 6º lugar

CRICIÚMA

Decepcionante no Campeonato Catarinense e na Copa do Brasil, o Criciúma também recorre a reforços para a Série B. Além do técnico Roberto Cavalo contar com o goleiro Luiz e o atacante Elvis, desembarcaram no Heriberto Hülse o zagueiro Ferron e o atacante Niltinho.

Classificação no ano anterior: 12º lugar

CEARÁ

Após um desastroso Campeonato Estadual, o Ceará recolhe os cacos para tentar se redimir na Série B. A equipe aposta nas boas defesas de Éverson, conta com Felipe e Richardson na armação, e tem a confiança no poder de fogo de Assisinho para ir bem.

Classificação no ano anterior: 15º lugar