icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
25/02/2015
22:27

Mesmo atuando dentro do Independência, o time do Atlético-MG não conseguiu mostrar aquele futebol que deixou seus adversários perdidos nos últimos anos. Diante do Atlas, os jogadores da equipe mineira entraram em campo precisando da vitória para se reerguer no Grupo A da Libertadores, mas saíram derrotados por 1 a 0, levando o gol aos 41 minutos do segundo tempo. Dentro de campo, os comandados de Levir deram sinais de nervosismo e não conseguiram desempenhar as orientações do treinador. O zagueiro Edcarlos deu sua versão.

- Resultado fruto do nosso nervosismo. Não tivemos paciência para administrar o jogo, para procurar a hora certa de chegar pelos lados, como o professor pediu, e fazer os cruzamentos. Não conseguimos fazer isso, a derrota é dolorida demais, mas não podemos abaixar a cabeça - comentou o zagueiro.

A partir de agora, o Atlético-MG terá também que secar muito seus rivais no torneio. A começar pelo Santa Fé e Colo-Colo, que se enfrentam nesta quinta-feira, mas já possuem três pontos na tabela, cada um. Com a derrota, o Galo amarga a lanterna da chave, sem ainda ter somado na competição.