icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/07/2014
13:05

O fato mais marcante da intertemporada do Internacional durante a parada para a Copa do Mundo acabou sendo de relacionamento. A briga entre D'Alessandro e Willians, com um soco do argentino no peito do volante, centralizou as atenções. Nesta quarta-feira chuvosa em Porto Alegre, o camisa 8 colorado falou pela primeira vez sobre o fato.

Os dois jogadores conversaram após o problema entre eles e pediram desculpas mútuas, segundo relato de Willians. Ambos são líderes do elenco e fazem parte do grupo "mais cascudo" de jogadores, com Dida, Juan, Rafael Moura e Alex.

- O fato que aconteceu conosco lá nos 10 dias no Costão acho que é do futebol. Futebol, se não tiver cobrança, a equipe não anda. Como ele cobra e eu cobro, temos que nos cobrar por bem ou por mal. Estamos tranquilos, somos jogadores importantes para o Inter. A disposição e garra que temos, passamos para os outros meninos que estão vindo. Temos que dar o exemplo. Conversamos, pedimos desculpas e agora está tudo tranquilo - explicou Willians.

A briga também suscitou uma série de rumores sobre o volante, o que o incomodou. As especulações são de que D'Ale, como capitão, estava insatisfeito com a postura do colega fora de campo. E por isso a briga aconteceu. No pedido de desculpas postado em sua rede social, Willians reclamou de quem "fala sem saber".

- Várias coisas, da minha vida particular, ninguém tem que saber de nada. Tem que saber no Inter e no meu trabalho. Quadno eu venho aqui me manifestar, acho que tem respeito. Não fico sabendo da vida de ninguém, ninguém teria que saber da minha. O fato aconteceu, mas esquece. Hoje estamos vivendo uma nova vida, uma nova época - disse o volante, ao ser questionado sobre o que tinha escrito no post publicado.

O Colorado deve contar com ambos para o jogo com o Bahia, no sábado, às 18h30, na Fonte Nova. Mesmo que o meia tenha retirado o siso e não tenha participado do treino desta quarta-feira.