icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/07/2014
16:45

Confiança é algo que Chris Weidman tem de sobra. E não é para menos. Depois de bater por duas vezes um dos maiores lutadores da história do MMA, o americano chega para enfrentar Lyoto Machida no UFC 175, neste sábado, em Las Vegas, esbanjando confiança. Durante o programa "Contagem Regressiva", divulgado durante esta semana no site oficial do Ultimate, o atual dono do cinturão dos médios analisou seu estilo agressivo e fez questão de mandar um novo recado a Lyoto Machida.

Segundo Weidman, seu ímpeto dentro do octógono é para quebrar as iniciativas de seus oponentes. O americano acredita ser superior ao carateca brasileiro em todos os aspectos da luta.

- Meu estilo é avançar e bater muito nas pessoas, quebrá-los fisico e mentalmente. Tenho muito respeito por tudo o que Lyoto Machida fez, mas sou melhor do que ele em tudo - declarou o atual campeão da categoria dos médios.

O dono do título dos médios ainda relembrou o significado das duas vitórias contra Anderson Silva e afirmou esperar uma verdadeira "guerra" contra Lyoto Machida na luta principal do UFC 175.

- Era um grande objetivo meu vencer a luta e bater Anderson Silva. Mas também é bom seguir em frente e começar meu reinado como campeão. Queria ter sido campeão antes dos 30 e consegui. Anderson Silva perdeu o título aos 38. Se eu conseguir manter o meu por oito anos está ótimo. Espero uma guerra contra Lyoto, ele é um cara que vou ter de decifrar - explicou.

Ainda na produção pode-se acompanhar um momento de reflexão de Weidman a respeito o dia da luta. Para o americano, o nervosismo só chega horas antes de subir no octógono.

- Quando acordo no dia da luta, sou um outro cara. Só ali fico nervoso. É uma coisa impressionante desse esporte. No dia da luta, você não sabe o que pode acontecer. Posso chegar lá e ser nocauteado em dez segundos ou chegar lá e nocautear em dez segundos. E é realmente isso - finalizou o americano.

Neste sábado, o UFC 175 conta com duas disputas de cinturão. Weidman coloca o título dos médios em jogo contra Lyoto Machida, enquanto Ronda Rousey enfrenta Alexis Davis para se manter como a campeã dos galos na franquia. Além de Lyoto, os brasileiros Thiago Marreta, Ildemar Marajó, Bruno Santos e Guilherme Bomba também se apresentam no show.

Confira as lutas do UFC 175
Chris Weidman x Lyoto Machida
Ronda Rousey x Alexis Davis
Stefan Struve x Matt Mitrione
Uriah Hall x Thiago Marreta
Russell Doane x Marcus Brimage
CARD PRELIMINAR
Urijah Faber x Alex Caceres
Ildemar Marajó x Kenny Robertson
Chris Camozzi x Bruno Carioca
Rob Font x George Roop
Luke Zachrich x Guilherme Bomba
Kevin Casey x Bubba Bush