icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/04/2014
09:48

Depois de ver a torcida brasileira mudar de lado após a confusão no TUF Brasil 3, Wanderlei Silva fez um apelo aos fãs para que repensem a preferência por Chael Sonnen. Através de sua conta no Instagram, o brasileiro postou uma imagem de uma entrevista do americano ao site "MMA Fighting", que aconteceu em 2012, e mandou uma mensagem à torcida brasileira.

Na parte da entrevista destacada por Wanderlei, Sonnen fala sobre o público brasileiro. Na época, o americano foi questionado sobre a possibilidade de enfrentar Anderson Silva no Brasil e deu mais uma de suas polêmicas declarações.

- Se eles venderem 100 mil ingressos, espero que façam uma grande bola, virem de lado e enfiem no ... É isso que devem fazer com a torcida brasileira - afirmou o falastrão em 2012.

Agora, ao relembrar a declaração do rival, Wanderlei Silva comentou que teve motivos para perder a paciência com Chael e afirmou que o americano não merece o respeito dos brasileiros. O "Cachorro Louco" foi além e ainda chamou Sonnen de racista.

- Esse cara é racista não merece nosso respeito. Eu não ficaria bravo sem motivos. Isso é somente uma declaração a nosso respeito. Agora, se quiser torcer pra ele tudo bem, merece meu respeito! Fique a vontade! Não concordo com ele. Acho que nossa torcida deve se unir neste momento! Juntos temos a força! - publicou Wanderlei.

Após a polêmica no TUF Brasil 3, Wanderlei Silva e Chael Sonnen poderão tirar suas diferenças dentro do octógogno no dia 5 de julho. Os lutadores se enfrentam no UFC 175, que acontece em Las Vegas, nos Estados Unidos. Na luta principal do evento, Chris Weidman defende o cinturão dos médios contra Lyoto Machida.