icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/03/2014
17:14

O vice-presidente de futebol do Flamengo, Wallim Vasconcellos, afirmou à Rádio Globo que há a necessidade de o elenco rubro-negro contar com um jogador com status de “astro”. De acordo com o dirigente, porém, o mercado de atletas disponíveis não dá opções para a escolha da contratação pelo clube.

– O Flamengo precisa ter uma estrela no time. Mas se você analisar o próprio futebol brasileiro são poucas estrelas, inclusive na Seleção. O Flamengo teve estrelas recentes que não se encaixaram e não tiveram um bom rendimento no clube. A estrela tem que estar focada, treinando, com objetivo dentro do campo. O cara que colocar a camisa do Flamengo é para estar bem, ser uma referência para o clube, para os meninos da base e também para os torcedores – afirmou.

Wallim Vasconcellos também comentou sobre o momento político do Flamengo. Na semana passada, o Conselho Diretor, o qual ele também faz parte, enviou um e-mail aos sócios com um texto que acabou denegrindo gestões anteriores, fato que gerou a revolta de muitos conselheiros, como o presidente do Deliberativo, Delair Dumbrosck. O vice de futebol disse que no passado a turbulência interna neste ponto era maior:

– A questão política no Flamengo já foi bem pior no passado. Tem alguns pontos que estamos tocando e que são bastante polêmicos, como a própria reforma no estatuto. Tudo está sendo discutido internamente.