icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/11/2013
12:55

De volta ao time titular do Botafogo na derrota para o Goiás, neste domingo, no Serra Dourada, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, Elias teve sua performance elogiada pelo técnico Oswaldo de Oliveira. No entanto, o treinador destacou que o atacante, que teve uma lesão muscular na coxa esquerda - cansou no segundo tempo, o que comprometeu o seu desempenho na reta final do jogo.

- Foi ótimo, achei que nossa equipe já foi bem melhor em termos de ataque. Ele ainda não conseguiu cumprir 90 minutos da maneira que pode cumprir, infelizmente não tive a oportunidade de substitui-lo. Ele realmente já estava cansado no fim. Mas teve uma participação muito boa ao meu ver - disse Oswaldo, em entrevista coletiva logo depois do jogo.

Contratado no meio do ano por empréstimo ao Resende até o fim do ano, Elias, se tornou o atacante mais regular do time, desde a saída de Vitinho, em agosto. No Brasileirão ele marcou sete gols até aqui. Assim como o treinador, Elias lamentou a derrota para o Goiás, no entanto, se disse feliz por estar recuperado da lesão muscular.

- Nosso time foi bem na partida. Tivemos várias oportunidades, mas infelizmente fomos surpreendidos no fim. Ficamos tristes com o gol sofrido no fim, mas temos uma semana para trabalhar, pensar no jogo contra o Inter e levantar a cabeça. Fico triste pelo resultado, mas feliz pela minha volta, depois das duas lesões que tive. Tenho que agradecer à Deus, minha família, ao grupo e ao Oswaldo. Só eu sei o que passei nesses quase dez jogos que fiquei de fora - disse Elias.

Nesta segunda-feira os jogadores do Botafogo estão de folga. Na terça, às 9h, eles se reapresentam no Engenhão. No domingo, às 17h, no Centenário, em Caxias do Sul, o time enfrenta o Internacional, pela 33ª rodada.

Com 53 pontos, o Botafogo ocupa a quarta posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro e, após o fim da rodada, leva apenas apenas um ponto de vantagem para o Goiás, primeiro clube fora da zona de classificação para a Copa Libertadores da América, grande meta do Alvinegro para o fim da temporada.