icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2014
10:03

O São Paulo está embalado, vem de ótima vitória contra o Bahia fora de casa, mas receberá no Morumbi um adversário louco para acabar com a festa. A Chapecoense, do volante Ricardo Conceição, faz sua primeira partida depois da Copa do Mundo e espera sair do Morumbi com a vitória.

- Temos que pensar em marcar eles primeiro, mas com a bola temos que ter coragem para jogar também. O São Paulo é um time muito qualificado, sabemos do potencial dos jogadores que estão lá. Mas se só nos preocuparmos com isso não podemos jogar o Brasileirão. A maioria das equipes é desse nível - afirmou Conceição.

O volante teve a facilitada por não precisar enfrentar Kaká, que ainda aprimora a parte física antes de estrear pelo clube do Morumbi. Ele destaca a importância que o meia teria para o duelo.

- O elenco deles é muito qualificado, não tem como falar de um ou outro jogador. Vamos tentar fazer o nosso jogo. Se o Kaká jogasse seria um diferencial para o espetáculo, por tudo o que ele conquistou - afirmou.

Estreante na Série A deste ano, a Chapecoense ficou fora da rodada do meio de semana, porque o confronto contra o Atlético-MG foi adiado. A equipe mineira disputou o primeiro jogo da Recopa Sul-Americana. Agora, os catarinenses esperam mostrar sua força.

- A Chapecoense é um exemplo para os outros clubes brasileiros. É um clube novo, que está se estruturando, cada dia melhora em algum setor. O novo CT está ficando pronto... Para nós jogadores isso será um salto muito grande de qualidade - afirmou Rinceiro Conceição.

- É o primeiro ano na Série A, nosso objetivo é fazer o maior número de pontos possíveis em um período curto. Depois vamos pensar mais na frente, sonhar com alguma coisa - completou o volante, que está confirmado no confronto deste sábado, no Morumbi.