icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/11/2014
19:34

A recuperação que a Chapecoense vivia no returno do Brasileirão, evidenciada pela goleada histórica sobre o Internacional, parece ter sido travada. Nas quatro últimas rodadas, o Verdão não conquistou uma vitória sequer, mesmo jogando duas vezes na Arena Condá.

Segundo o volante Ricardo Conceição, a seca de vitórias e de pontos incomoda os jogadores da Chape, já que o time voltou a se aproximar da zona de rebaixamento.

- Claro que quando um time fica um período sem vencer, isso incomoda. A gente tem que ficar incomodado com isso. O grupo conversa sobre tudo e ficar com a pulga atrás da orelha serve para a gente não relaxar no campeonato. Quando não vence, tem que ficar incomodado. Mas tem que ir para dentro de campo e fazer algo diferente no próximo jogo.

Na próxima rodada, a Chape tem pela frente um adversário conhecido: o Figueirense, em clássico catarinense que pode decidir se o Verdão volta ou não para o Z4. O volante revelou que o técnico Jorginho cobra maior responsabilidade dos jogadores para esse confronto.

- Esse é o momento. Essa é uma das coisas que o Jorginho tem falado para nós. Que cada um tem que colocar a cabeça no travesseiro e saber que tem que assumir as responsabilidades. Quem trabalha no futebol tem que conviver com cobranças. E a cobrança realmente está vindo forte. De todas as partes e principalmente da nossa. Tem que ser assim. Porque com cobrança a gente procura se preparar melhor.

Chapecoense e Figueirense se enfrentam neste domingo, às 17h da tarde, no Orlando Scarpelli, em duelo válido pela 33ª rodada.