icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/03/2014
14:51

O Vila Nova alcançou o capítulo mais triste da sua história de 70 anos no último domingo. Ao ser derrotado pela Aparecidense, por 2 a 0, no Aníbal Toledo, em duelo da 14ª rodada da Primeira Fase do Campeonato Goiano, o Tigre viu o seu rebaixamento à Divisão de Acesso (Segunda Divisão) ser decretado com uma rodada de antecedência. Esta é a primeira vez que o Vila, o segundo maior campeão goiano – são 15 títulos – , é rebaixado em campo no Estadual. Torcedores mostraram ira com o fato e picharam os muros do Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, sede do clube, na madrugada desta segunda-feira.

Em 2000, o rebaixamento no Estadual veio após o Vila Nova se recusou a entrar em campo para o segundo jogo de final do Goiano, diante do Goiás, como forma de protesto contra a atuação da arbitragem na partida de ida. Como punição, o time foi rebaixado, conquistou a Divisão de Acesso – que disputada no mesmo ano – e voltou à elite em 2001. Desta vez, o Tigre sacramentou a queda graças a sete derrotas consecutivas e apenas dez pontos somados em 14 partidas. Sidney Morais, ex-Icasa e Ponte Preta, é o técnico que não conseguiu evitar o rebaixamento.

O principal alvo dos pichações vistas nos muros do OBA atende pelo nome de Newton Ferreira, o diretor de futebol do clube. Ele "ganhou" frases como: "Fora Newtin" e "Ladrão". Outra frase exposta – "o terror vai começar" – antecipa que manifestações violentas podem ser praticadas em breve. A diretoria do Vila, já esperando possíveis protestos, solicitou reforço na segurança para a chegada do ônibus que levou parte dos jogadores ao OBA após o jogo.

A tendência é que manifestações aconteçam nesta quarta, quando o Vila receberá o Grêmio Anápolis, no OBA, em sua despedida da elite do Campeonato Goiano. Caso o Vila, que soma dez pontos, vença e o Anápolis, com 13 pontos e as mesmas duas vitórias, seja derrotado pelo Atlético-GO, o Tigre evitará apenas o descenso como o pior time da competição.

QUEDA VEM APÓS ACESSO À SÉRIE B

O rebaixamento no Estadual vem pouco mais de quatro meses depois de o Vila Nova conquistar acesso à Série B do Campeonato Brasileiro com o quarto lugar na última Série C do Brasileirão. O time estreará na Segundona deste ano diante do Luverdense, no Serra Dourada, em jogo que tem como data base para ser disputado o dia 19 de abril.