icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/06/2014
19:05

Sem saber se vai poder ou não contar com Ribéry na Copa do Mundo, o técnico Didier Deshamps tem uma dor de cabeça para armar a França. No último amistoso disputado pelos Azuis, no empate de 1 a 1 com o Paraguai, Loïc Rémy substituiu o camisa 7 do Bayern de Munique. Antes, porém, na goleada da França sobre a Noruega, Griezmann foi o substituto. O atacante do Real Sociedad, aliás, marcou o gol de empate com os paraguaios, apesar de ter saído do banco.

A boa notícia para Deshamps é que Valbuena vem chamando cada vez mais a responsabilidade. Contra a Noruega, ele teve atuação destacada e participou de três gols. Giroud, reserva imediato de Benzema, também fez bonito no amistoso contra os noruegueses.

Ribéry, por sua vez, segue fora dos treinamentos com muitas dores nas costas. A tendência é que ele nem sequer enfrente a Jamaica, em amistoso neste domingo. Parte da imprensa francesa já chegou a afirmar que ele não terá condições de disputar o Mundial. Principal nome da França nas eliminatórias europerias, com cinco gols marcados, o atacante ainda é visto como o grande astro da equipe.

Além de Ribéry, a França também se preocupa com o meia Clément Grenier, do Lyon. Com dores na virilha, o jogador deixou o treino dos Azuis mais cedo, nesta quinta-feira, conforme informou o site do diário francês L'Equipe.

Grenier deve ser submetido a exames nesta sexta-feira para saber a real gravidade da situação. Ele chegou a atuar nos últimos amistosos.

A França está no Grupo E da Copa do Mundo, ao lado de Suíça, Equador e Honduras. Os franceses estreiam no Mundial no dia 15 de junho, diante de Honduras, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).