icons.title signature.placeholder Rodrigo Ciantar
03/06/2014
15:38

O Botafogo vai se livrar novamente no limite de atingir três meses sem pagar salários dos jogadores, o que daria o direito aos atletas de entrar com ação na Justiça pedindo rescisão contratual. O Sindicato dos Empregados de Clubes do Rio (Sindeclubes) vai desbloquear nesta quarta-feira, dia 4, mais uma cota de R$ 2,100 milhões referente a direitos de transmissão e repassar aos botafoguenses. O grupo completaria três meses sem receber no dia 6, sexta-feira, quinto dia útil do mês.

No mês passado, o clube também ficou perto de atingir essa dívida, mas também contou com auxílio do Sindeclubes para quitar pelo menos um mês.

Segundo o jurídico do Sindeclubes, tal manobra de desbloquear as cotas de direitos de transmissão para pagar salários deverá se repetir até que a diretoria alvinegra consiga deixar todos os vencimentos em dia.

LEIA MAIS
> Denunciado pelo STJD, André Bahia mostra tranquilidade: 'Não comecei nada'
> Artilheiro do time na Liberta, Wallyson está de saída para o Oriente Médio

Há dois meses, os jogadores fizeram protestos em alguns treinos e até cancelaram uma atividade. Após uma reunião com a diretoria, as menifestações acabaram, mas a insatisfação de alguns atletas tem sido crescente.

Além dos jogadores, o dinheiro também será repassado a funcionários. Isso porque, no mês passado, a diretoria até conseguiu deixar em dia os salários de alguns funcionários, mas apenas de quem recebia até cerca de R$ 2 mil.