icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/07/2013
16:53

Desde a saída de Neymar, vendido ao Barcelona em maio deste ano, a diretoria do Santos buscava a contratação de um atacante. No entanto, na sexta-feira, o clube acertou com Thiago Ribeiro, que estava no Cagliari, da Itália. O Peixe pagou cerca de R$10 milhões, e o novo reforço alvinegro assinou contrato até o fim de 2017.

Diferentemente do ex-camisa 11, Thiago Ribeiro atua pelo lado direito do campo. Versátil, ele pode oferecer três alternativas para o técnico Claudinei Oliveira escalar a equipe.

Na primeira formação do campinho abaixo, o atacante entraria no lugar de Leandrinho, formando um trio com Montillo e Neilton. Com apenas Willian José mais à frente, o time seria escalado no 4-2-3-1.

Outra opção é Thiago Ribeiro entrar na vaga de Neilton, que joga pela esquerda, para formar dupla de ataque com Willian José, sem alterar a formação atual.

O técnico Claudinei também pode escalar a equipe sem um centroavante fixo. Neste caso, Thiago Ribeiro entraria no lugar de Willian José e formaria a dupla com Neilton, cada um caindo por um lado do campo.

Desde a saída de Neymar, vendido ao Barcelona em maio deste ano, a diretoria do Santos buscava a contratação de um atacante. No entanto, na sexta-feira, o clube acertou com Thiago Ribeiro, que estava no Cagliari, da Itália. O Peixe pagou cerca de R$10 milhões, e o novo reforço alvinegro assinou contrato até o fim de 2017.

Diferentemente do ex-camisa 11, Thiago Ribeiro atua pelo lado direito do campo. Versátil, ele pode oferecer três alternativas para o técnico Claudinei Oliveira escalar a equipe.

Na primeira formação do campinho abaixo, o atacante entraria no lugar de Leandrinho, formando um trio com Montillo e Neilton. Com apenas Willian José mais à frente, o time seria escalado no 4-2-3-1.

Outra opção é Thiago Ribeiro entrar na vaga de Neilton, que joga pela esquerda, para formar dupla de ataque com Willian José, sem alterar a formação atual.

O técnico Claudinei também pode escalar a equipe sem um centroavante fixo. Neste caso, Thiago Ribeiro entraria no lugar de Willian José e formaria a dupla com Neilton, cada um caindo por um lado do campo.