icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
14/11/2014
14:15

Neste sábado, Cain Velasquez defenderia pela terceira vez o cinturão dos pesados do Ultimate, no UFC 180, na Cidade do México, mas uma lesão no joelho o forçou a sair do confronto diante de Fabricio Werdum e foi substituido por Mark Hunt. Com essa alteração, a organização também promoveu o novo confronto a disputa de um título interino da categoria.

Presente na cidade para participar de uma série de eventos para o show, o atual campeão fez pouco caso desta briga pelo título interino. Para o lutador, em conversa com os jornalistas, somente quando ele enfrentar o vencedor o verdadeiro dono da divisão vai ser decidido.

- Assim que eu puder, nós vamos lutar pelo cinturão real, então nem penso muito nessa disputa de cinturão interino. Eu enxergo essa situação assim: o título interino é para um campeão interino, não para o campeão real - afirmou o americano, que não luta desde outubro de 2013, em trecho reproduzido pelo Combate.com.

Apesar de não considerar o vencedor como um campeão, o americano fez questão de não ficarem cima do muro e apontar que Werdum levará a melhor no confronto.

- Acredito que o Fabrício Werdum vá vencer, porque seu jogo de chão é muito forte e evoluiu bastante na trocação nas últimas lutas. Acho ele mais completo, mas não podemos descartar o poder de nocaute de Hunt, que é muito grande - completou o americano.