icons.title signature.placeholder Bruno Braz
icons.title signature.placeholder Bruno Braz
16/07/2013
08:34

O Vasco já fez sua parte e, na última sexta-feira, encaminhou uma proposta para contratar o goleiro Helton. As novas condições financeiras do Cruz-Maltino, motivadas pelos acertos de patrocinadores e os acordos com a Fazenda Nacional, tornam a diretoria confiante. Ela também espera que o bom relacionamento do arqueiro com o Porto (POR), clube que defende desde 2005, facilite a transação.

Helton, que está com 35 anos, já manifestou o desejo de se aposentar no Gigante da Colina, equipe que o revelou. A princípio, ele gostaria de cumprir o contrato com o Dragão, que vai até junho de 2014, para só então se transferir. Conversas mais recentes com o Vasco, porém, já o fazem pensar de maneira diferente.

E MAIS
> Mesmo com derrota, Diogo Silva classifica estreia como boa
> Vasco cumpre o esperado e paga salário do mês de maio

O objetivo é conseguir a liberação do Porto sem custos, numa espécie de rescisão amigável. A preocupação de ambas as partes é com o vazamento das notícias, o que pode dificultar a negociação.

– Existem algumas tratativas, mas nada concreto. Até porque é um assunto que precisa ser o mais sigiloso possível. O Porto é um time que precisa ser respeitado. O próprio jogador pede este sigilo para que a gente tenha a condição de poder tratar este assunto em todas as esferas – declarou, à Rádio Brasil, o diretor-geral do Vasco, Cristiano Koehler.

Diogo Silva agarra chance
Enquanto o sonho de Helton não se torna realidade, a disputa no gol segue em aberto. Diogo Silva ganhou chance contra o Flamengo e foi bem. Mesmo ciente de que pode ter conquistado a titularidade de vez, ele torce pela contratação.

– Temos de aproveitar para sugar ao máximo estes caras enquanto eles estiverem em atividade. Se vier, o Vasco vai ganhar muito com isso. E o Vasco ganhando, todo mundo fica feliz – disse.

Novo titular, Diogo Silva torce pela volta de Hélton

O Vasco já fez sua parte e, na última sexta-feira, encaminhou uma proposta para contratar o goleiro Helton. As novas condições financeiras do Cruz-Maltino, motivadas pelos acertos de patrocinadores e os acordos com a Fazenda Nacional, tornam a diretoria confiante. Ela também espera que o bom relacionamento do arqueiro com o Porto (POR), clube que defende desde 2005, facilite a transação.

Helton, que está com 35 anos, já manifestou o desejo de se aposentar no Gigante da Colina, equipe que o revelou. A princípio, ele gostaria de cumprir o contrato com o Dragão, que vai até junho de 2014, para só então se transferir. Conversas mais recentes com o Vasco, porém, já o fazem pensar de maneira diferente.

E MAIS
> Mesmo com derrota, Diogo Silva classifica estreia como boa
> Vasco cumpre o esperado e paga salário do mês de maio

O objetivo é conseguir a liberação do Porto sem custos, numa espécie de rescisão amigável. A preocupação de ambas as partes é com o vazamento das notícias, o que pode dificultar a negociação.

– Existem algumas tratativas, mas nada concreto. Até porque é um assunto que precisa ser o mais sigiloso possível. O Porto é um time que precisa ser respeitado. O próprio jogador pede este sigilo para que a gente tenha a condição de poder tratar este assunto em todas as esferas – declarou, à Rádio Brasil, o diretor-geral do Vasco, Cristiano Koehler.

Diogo Silva agarra chance
Enquanto o sonho de Helton não se torna realidade, a disputa no gol segue em aberto. Diogo Silva ganhou chance contra o Flamengo e foi bem. Mesmo ciente de que pode ter conquistado a titularidade de vez, ele torce pela contratação.

– Temos de aproveitar para sugar ao máximo estes caras enquanto eles estiverem em atividade. Se vier, o Vasco vai ganhar muito com isso. E o Vasco ganhando, todo mundo fica feliz – disse.

Novo titular, Diogo Silva torce pela volta de Hélton