icons.title signature.placeholder Bruno Braz e Rodrigo Ciantar
icons.title signature.placeholder Bruno Braz e Rodrigo Ciantar
06/07/2013
07:54

Um dia após garantir que Paulo Autuori não deixaria São Januário por conta de salários atrasados, o Vasco ganhou um problema a mais para tentar segurar o treinador no clube: Juvenal Juvêncio, presidente do São Paulo, revelou ao LANCE!Net que o atual comandante cruz-maltino é um dos principais alvos para substituir Ney Franco.

A diretoria vascaína foi pega de surpresa, mas acredita que Paulo Autuori não vai abandonar a caravela agora e cumprirá o contrato, que terminará em dezembro de 2014.

Ricardo Gomes, diretor de futebol do clube, e que também já foi treinador do São Paulo, soube do interesse na tarde de sexta-feira, ao desembarcar em Caxias do Sul, onde o Vasco enfrentará o Internacional, pelo Brasileirão. Ele considera a situação normal, até pelo que Autuori conquistou no Morumbi (campeão do Mundial Interclubes, em 2005).

– O Paulo e o Muricy são dois técnicos vitoriosos pelo São Paulo. Então é normal que exista este interesse – disse Ricardo Gomes.

Diretor-geral do Vasco, Cristiano Koehler foi além, ressaltando que Autuori está empenhado no projeto do Vasco e que é mais do que simplesmente técnico do time:

– No Vasco, o Paulo tem um papel dentro e fora de campo, para reorganização e retomada de conquistas do clube. É muito mais do que simplesmente treinador. Faz parte de uma equipe formada dentro e fora do campo para levar o Vasco a outro patamar. Ele está inserido neste projeto.

Paulo Autuori foi contratado pelo Vasco em março, após a demissão de Gaúcho.

Ricardo Gomes não teme saída de Autuori

Um dia após garantir que Paulo Autuori não deixaria São Januário por conta de salários atrasados, o Vasco ganhou um problema a mais para tentar segurar o treinador no clube: Juvenal Juvêncio, presidente do São Paulo, revelou ao LANCE!Net que o atual comandante cruz-maltino é um dos principais alvos para substituir Ney Franco.

A diretoria vascaína foi pega de surpresa, mas acredita que Paulo Autuori não vai abandonar a caravela agora e cumprirá o contrato, que terminará em dezembro de 2014.

Ricardo Gomes, diretor de futebol do clube, e que também já foi treinador do São Paulo, soube do interesse na tarde de sexta-feira, ao desembarcar em Caxias do Sul, onde o Vasco enfrentará o Internacional, pelo Brasileirão. Ele considera a situação normal, até pelo que Autuori conquistou no Morumbi (campeão do Mundial Interclubes, em 2005).

– O Paulo e o Muricy são dois técnicos vitoriosos pelo São Paulo. Então é normal que exista este interesse – disse Ricardo Gomes.

Diretor-geral do Vasco, Cristiano Koehler foi além, ressaltando que Autuori está empenhado no projeto do Vasco e que é mais do que simplesmente técnico do time:

– No Vasco, o Paulo tem um papel dentro e fora de campo, para reorganização e retomada de conquistas do clube. É muito mais do que simplesmente treinador. Faz parte de uma equipe formada dentro e fora do campo para levar o Vasco a outro patamar. Ele está inserido neste projeto.

Paulo Autuori foi contratado pelo Vasco em março, após a demissão de Gaúcho.

Ricardo Gomes não teme saída de Autuori