icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/02/2015
10:11

Diante da cobiça do poderoso Real Madrid, o Valencia agiu rápido e está prestes a renovar contrato com o jovem lateral-esquerdo José Luis Gayà, que foi revelado nas divisões de base do clube e tem apenas 19 anos. A cláusula de rescisão da joia era de 'apenas' 18 milhões de euros (R$ 58,7 milhões), o que despertou o interesse dos Merengues. Manchester City também monitora os passos do jogador.

O Valencia aumentará a duração - acaba em 2018 - e a cláusula do contrato do jogador, que deve ficar agora entre 40 e 45 milhões de euros (R$ 146,7 milhões). O salário também terá um grande crescimento: de 250 mil euros anuais (R$ 815 mil) para 1,6 milhão (R$ 5,2 milhões).

E MAIS
- Jogadores do Real voltam a se reunir fora de campo sem comissão técnica

O Real Madrid comunicou a Amadeo Salvo, empresário de Gayà, que não vai interferir na renovação de contrato do jogador com o Valencia, mas informou que estará de olho na sua evolução ao longo dos anos.

Gayà está em seu primeiro ano na elite espanhola e já é peça-chave do time do Valencia, que tenta uma vaga na Liga dos Campeões na próxima temporada. Atualmente, é o quarto colocado, que garante vaga na competição, com 50 pontos, cinco a mais que o Sevilla.

O lateral é parte da segunda defesa menos vazada do campeonato, com 21 gols sofridos - atrás apenas do Barcelona. Ele tem ainda um gol na Liga Espanhola e quatro assistências.