icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena e Thiago Ferri
22/11/2014
08:06

Único grande jogador do elenco do Palmeiras na definição de Dorival Júnior, Valdivia saberá neste sábado se poderá atuar no jogo decisivo contra o Coritiba, às 19h30 deste domingo, no Couto Pereira.

O meia voltou da seleção chilena com um edema na região posterior da coxa esquerda e fez tratamento em dois períodos nos últimos dois dias, supervisionado pelo departamento médico e por José Amador, fisioterapeuta cubano que o acompanha. O Mago não viajou com o grupo, nesta sexta, para não perder tempo no tratamento.

O jogador relatou que a dor diminuiu, mas irá a um laboratório na companhia de um funcionário do Palmeiras no início da tarde para fazer uma ressonância magnética e saber se tem condição de jogo.

Se liberado, o chileno vai viajar ainda neste sábado para a capital paranaense e fará uma atividade física no início da tarde antes de se juntar aos companheiros na concentração.

A dor não é a maior preocupação. O incômodo é "suportável", tanto que Valdivia pediu para enfrentar o Sport na última quarta-feira, o que realizaria seu desejo de usar a braçadeira de capitão na inauguração do Allianz Parque. Ele foi demovido da ideia pelos médicos porque o problema poderia se agravar e tirá-lo do resto do ano.

- Ele ficou muito chateado, chorou bastante por não poder participar do jogo. Estava bastante decepcionado em função das circunstâncias e da importância do jogo para o Palmeiras e para ele. Mas era uma questão de preservá-lo, não correr o risco de perdê-lo para o resto do campeonato - contou o médico do Alviverde, Rubens Sampaio.

O Palmeiras não funciona sem Valdivia, fato admitido pelo próprio Dorival. Nos últimos dois jogos, contra São Paulo (o camisa 10 estava com a seleção) e Sport (já havia voltado, mas lesionado), o armador foi Felipe Menezes e o time perdeu duas vezes por 2 a 0. Precisando desesperadamente vencer, o Verdão faz tudo por ele.

O DIA D DO MAGO

Exame
Valdivia fará uma ressonância magnética no início da tarde, em um laboratório da Zona Sul de São Paulo. O resultado sai pouco tempo depois.

Viagem
Se os médicos concluírem que o edema na coxa regrediu o suficiente para que Valdivia jogue, ele viajará já na tarde deste sábado para Curitiba. Time já está lá.

Treino
Valdivia não conseguirá participar do treino deste sábado, que será às 10h, no CT do Atlético-PR, mas deverá fazer exercícios físicos logo depois de chegar.

Concentração
O meia vai se reunir com os companheiros no fim da tarde, iniciando a concentração para enfrentar o Coritiba.