icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
11/11/2014
08:02

Na véspera de Atlético-MG e Cruzeiro começarem a fazer Belo Horizonte tremer com a decisão da Copa do Brasil, especialistas da imprensa mineira garantiram que o equilíbrio primará no duelo regional do torneio. Veja abaixo a opinião que cada jornalista deixou ao LANCE!Net sobre o confronto:

"O equilíbrio dita o tom desta decisão. De um lado, temos um Cruzeiro com força de ter provado ser a equipe mais regular do país. Do outro, temos um Atlético que surge como a equipe milagreira, que não se importa com provas de superioridade e vem com tudo. Provavelmente, os jogadores selecionáveis farão a diferença - o atleticano Diego Tardelli, ou os cruzeirenses Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart".

LÉO FIGUEIREDO - comentarista da Rádio Itatiaia

"Serão dois jogos bem equilibrados, uma final de Copa do Brasil extremamente aberta e histórica. Acredito que o Atlético tenha uma pequena vantagem, devido à sua força no Independência. Porém, pela primeira vez a equipe vai atuar no Mineirão como visitante, e não sabemos como deve lidar com isto. Já o Cruzeiro provou ser muito forte lá no Gigante da Pampulha, e certamente também terá um apoio maciço de sua torcida na partida decisiva".

VINÍCIUS GRISSI - comentarista e repórter da Rádio Globo BH

"A expectativa é de muito equilíbrio. Nenhum dos dois deve se expor muito, em especial na primeira partida. A tendência é de que a decisão fique para o Mineirão. Creio que o Luan faça a diferença no lado do Atlético, e o Willian possa desequilibrar do lado do Cruzeiro. Ambos vivem momentos bons, se esforçaram para superar lesões quase que semelhantes e devem se esforçar ainda mais nesta decisão".

JOSÉ AUGUSTO TOSCANO - comentarista da Rádio Inconfidência