icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/02/2015
15:56

Alan Patrick é um dos jogadores que corre o risco de virar reserva para a estreia de Arouca, apesar de ter sido mantido entre os titulares no treino desta quinta. O Palmeiras enfrenta o Penapolense, no domingo. Dono de duas assistências, o jogador é também o favorito dos internautas do LANCE!Net a ir para o banco de reservas, mas avisa que ainda não conseguiu mostrar seu real potencial nestes cinco jogos.

- Se falar de começo de temporada, a gente procura sempre evoluir, porque eu vejo que posso crescer, evoluir, na parte física, que é o mais importante. Estando 100%, temos tudo para fazer grandes jogos. A equipe toda quer melhorar, jogar bem, dar alegria ao torcedor, mas acho que tenho tudo para melhorar, tenho mais a mostrar. Nos treinos e dia a dia vou mostrar que posso ter uma vaga - resumiu o jogador, que marcou uma vez nesta temporada.

A disputa de Alan Patrick ocorre com Allione e Robinho, que assumiria a função de armador, caso o camisa 30 vá realmente para o banco de reservas e enquanto Valdivia não estreia. Mesmo que saiba que corre risco, Alan fez questão de rasgar elogios ao amigo Arouca, com quem trabalhou no Santos entre 2010 e 2011 e tem tido contato próximo neste início de ano no Verdão.

- Independente de ser o Arouca, é indiscutível a qualidade dele, já jogamos juntos no Santos e ele vai nos ajudar muito. (A concorrência) Isto é bom para o grupo, sabemos que não podemos nos acomodar, e nos incentiva cada mais a empenhar ao máximo. É um grupo muito qualificado, e todo mundo quer uma vaga. Também quero a minha. O professor Oswaldo sabe melhor do que ninguém o que deve ser feito para o melhor do Palmeiras. Procuro dar o meu melhor para ter uma vaga entre os 11 - disse.

- O Arouca é um cara bom de grupo, e dentro das quatro linhas nem se fala. O relacionamento era bom no Santos, aqui concentramos juntos, e esperamos repetir as conquistas que tivemos no Santos agora no Palmeiras - encerrou.