icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/04/2014
19:10

A goleada de 5 a 1 que o Cruzeiro aplicou na Universidad de Chile pela segunda rodada da Copa Libertadores da América ainda não desceu no elenco chileno, que fala em "vingança" para o jogo desta quinta-feira, às 20h45, no Estádio Nacional, em Santiago.

- Sabemos que o Cruzeiro, na atual situação, tem a obrigação de ganhar. Nós temos que aproveitar o campo e a torcida. É um tipo de revanche e devemos ganhar para alcançar a classificação - afirmou o volante Juan Rodrigo Rojas.

Rojas espera tranquilidade da Universidad e, como a "vingança" é um prato que se come frio, adiantou que a postura será defensiva para aproveitar os contra-ataques.

- Para nós é cômodo jogar com espaços porque ganharemos mais opções de gol. Eles têm que sair para buscar o gol - enfatizou.

A Universidad de Chile lidera o Grupo 5 com nove pontos e avança às oitavas de final com um empate. O Cruzeiro tem quatro pontos e está em terceiro. Precisa da vitória para continuar com chances de classificação.