icons.title signature.placeholder João Matheus Ferreira
03/11/2014
22:46

O candidato à presidência do Vasco, Eurico Miranda, realizou na noite desta segunda-feira, no clube Vila da Feira, na Tijuca, zona norte do Rio, a última convenção da chapa "Volta Vasco, Volta Eurico", antes da eleição de terça-feira que vem. O evento teve a presença de cerca de 600 pessoas, entre torcedores, sócios e conselheiros, e contou com ataques aos demais candidatos e condenação à atual gestão do clube.

A convenção, que começou com atraso de quase uma hora, teve cenas de horror do lado de fora, onde membros da torcida organizada Força Jovem, do próprio Vasco, se confrontaram no meio da rua. Uns são pró Eurico, outros são contra. Do lado de dentro, Eurico atacou adversários e exaltou Fernando Horta, que deve ser o 1º vice geral da chapa dele.

- Esse tal de Nelson Rocha pulou do barco e dizia que não precisava pagar imposto. O outro teve que pagar dois meses de sócio porque estava atrasado. O Roberto Monteiro, meu Deus, o que ele sabe de Vasco? Outra satisfação que quero registrar é a adesão do Fernando Horta à nossa campanha. A partir desse momento passei a ter certeza que vamos ganhar a eleição. Não adianta - disse, logo após ser muito aplaudido.

Ao mesmo tempo, Eurico Miranda fez questão de ressaltar o amor que sente pelo Cruz-Maltino, colocando, inclusive, como o maior da sua vida, à frente até da própria família. Neste momento, foi exaltado por todos no local.

- O maior amor da minha vida é o Vasco. Até infelizmente, mas coloco à frente de tudo na minha vida - declarou o ex-presidente.

Em uma alusão às tradições do clube, o evento teve apresentação de um grupo folclórigo português, com músicas e danças tradicionais. Além disso, por conta de Fernando Horta, que aderiu à campanha de Eurico, ritmistas da escola de samba Unidos da Tijuca, da qual Horta é presidente, se apresentaram no local.

A eleição do Cruz-Maltino tem cinco candidatos à presidência confirmados: Eduardo Nery (Vasco Mais Que um Gigante), Eurico Miranda (Volta Vasco, Volta Eurico), Julio Brant (Sempre Vasco), Marcio Santos (Vanguarda Vascaína) e Roberto Monteiro (Identidade Vasco).