icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
12/06/2014
18:54

         Espanha e Holanda fazem amanhã na Fonte Nova, em Salvador, o 11º jogo da história entre as duas seleções. Talvez seja exagero afirmar que se trata de uma revanche da Copa de 2010. Afinal, a vitória de 1 a 0 da Fúria, naquela partida, valeu o seu primeiro título mundial.

         Mas o fato é que pelo menos 16 protagonistas daquela noite, em Johanesburgo, poderão se encontrar novamente na capital da Bahia. Casillas, Sergio Ramos, Piqué, Busquets, Iniesta, Xavi, Xabi Alonso, Fabregas, Villa, Pedro e Torres estão na relação de 23 nomes do técnico Vicente del Bosque. E De Jong, Van Persie, Robben, Sneijder e Kuyt do holandês Louis van Gaal. A memória é recente, mas não custa lembrar que o jogo aconteceu em 11 de julho, no Soccer City, e que a Espanha ganhou com um gol de Iniesta aos 116 minutos. Aquela foi também a última vez que as duas seleções se enfrentaram.

         A história desse duelo começou em 5 de setembro de 1920, pela Olimpíada de Antuérpia, na Bélgica, e a Fúria venceu por 3 a 1. Durante mais de 60 anos, as duas equipes só disputaram amistosos, apenas três deles. Em janeiro de 1957, a Espanha goleou por 5 a 1, em Madri, quando Alfredo di Stéfano ainda brilhava como o grande craque do país. Em maio de 1973, a Holanda fez 3 a 2, em Amsterdã, quando o destaque era a turma liderada por Johann Cruyff, que seria vice mundial em 1974. Em janeiro de 1980, a Espanha voltou a ganhar, por 1 a 0, em Vigo, marcando o atacante Dani.

         Em 1983, as duas seleções jogaram novamente enfim partidas oficiais, válidas pelas Eliminatórias para a Copa Europeia de Nações. Em fevereiro, em Sevilla, deu Fúria, 1 a 0, gol de Senior. Em novembro, em Roterdã, a Holanda deu o troco: 2 a 1. A história continuou em janeiro de 1987, num amistoso, em Barcelona. A Laranja começava a montar o time em que se destacaram sobretudo Rijkaard, Gullit e Van Basten. Mas a partida acabou empatada: 1 a 1. Em novembro de 2000, a Holanda ganhou por 2 a 1, no Olímpico de Sevilha. O curioso é que a equipe vencedora reunia quatro craques que atuavam no Barcelona: Reiziger, Frank de Boer, Cocu e Kluivert.

         Em março de 2002, em mais um amistoso, a Laranja ganhou por 1 a 0, em Roterdã. Foi a última vez antes da decisão do Mundial de 2010. No total, são 10 jogos, com cinco vitórias da Espanha, quatro da Holanda, além de um empate. Agora, em Salvador, a Laranja só pensa em vingar 2010 e igualar o confronto.


E MAIS:
> HOME: Veja todas as notícias sobre a Copa do Mundo no LANCE!Net


L!TV:
> Croácia: com grandes jogadores, croatas querem repetir sucesso de 98
> Pai do jogador brasileiro naturalizado croata fala sobre o filho
> L!TV mostra o campo de treinamento da Croácia na Bahia