icons.title signature.placeholder Leo Burlá
icons.title signature.placeholder Leo Burlá
21/07/2013
16:19

O clima de tranquilidade reina no entorno do Maracanã a duas horas e meia do início do clássico entre Fluminense e Vasco, pelo Campeonato Brasileiro, nesta noite. Os torcedores não têm encontrado dificuldades de acesso ao estádio, principalmente, por causa das ruas interditadas ao redor da instalação, o que permite o livre tráfego sem a presença de automóveis, como ocorria antes da reforma.

Apesar de contrariada por ter sua localização dentro do estádio trocada, a torcida vascaína já se aglomera em seu novo ponto de concentração, na Estátua do Belini. No local também estão instrumentos musicais, além de bandeiras que serão levados para dentro do Maracanã.

Ao redor do estádio não se vê ambulantes mas há uma presença ostensiva de policiais militares, além de agentes de trânsito da prefeitura carioca. Os funcionários públicos trabalham tanto para informar quanto para impedir que automóveis invadam as ruas interditadas e atrapalhem a chegada dos torcedores.

O clima de tranquilidade reina no entorno do Maracanã a duas horas e meia do início do clássico entre Fluminense e Vasco, pelo Campeonato Brasileiro, nesta noite. Os torcedores não têm encontrado dificuldades de acesso ao estádio, principalmente, por causa das ruas interditadas ao redor da instalação, o que permite o livre tráfego sem a presença de automóveis, como ocorria antes da reforma.

Apesar de contrariada por ter sua localização dentro do estádio trocada, a torcida vascaína já se aglomera em seu novo ponto de concentração, na Estátua do Belini. No local também estão instrumentos musicais, além de bandeiras que serão levados para dentro do Maracanã.

Ao redor do estádio não se vê ambulantes mas há uma presença ostensiva de policiais militares, além de agentes de trânsito da prefeitura carioca. Os funcionários públicos trabalham tanto para informar quanto para impedir que automóveis invadam as ruas interditadas e atrapalhem a chegada dos torcedores.