icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/11/2014
18:25

Um triunfo apertado. É o que se pode dizer da vitória vascaína na tarde deste sábado, no Maracanã, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Pelo placar mínimo de 1 a 0, o Gigante da Colina derrotou o ABC. Douglas, de pênalti, fez o único gol do confronto.

Com o resultado, o Vasco chegou aos 59 pontos e ocupa a terceira posição na tabela. O próximo compromisso será contra o Ceará, fora de casa. Já o ABC permaneceu com 41 pontos e enfrenta a Portuguesa na próxima rodada.

Pênalti no fim salva etapa inicial vascaína

Decisão. Essa é a palavra precisa para descrever a atmosfera da partida deste sábado entre Vasco e ABC. Não bastasse ser reta final da Série B, as duas equipes apresentavam grande equilíbrio em confrontos nesta temporada: um empate e uma vitória para cada lado. Ciente do clima que envolvia o jogo, a torcida cruzmaltina compareceu em grande número ao Maracanã e embalou o time, que partiu para cima desde o início.

Apesar de tomar a iniciativa, ter grande volume de jogo e diversas oportunidades em escanteios, o Gigante da Colina encontrava grandes dificuldades para penetrar na defesa dos visitantes. As finalizações eram de longa distância e algumas paravam no meio do caminho, com a bola estourando nos adversários. O último passe também era um problema.

Dessa forma, quando conseguia chegar ao ataque, o ABC ameaçava. Aos 15 e aos 35 minutos, o time visitante chegou na área vascaína através do flanco esquerdo. Em ambas as ocasiões, chute de Rodrigo para fora. Já aos 42, Ronaldo Mendes recebeu na mesma ponta em que as chances anteriores haviam acontecido e chutou forte, para defesa de Martín Silva.

A primeira etapa do Vasco foi salva quando o árbitro já se preparava para apontar para o centro do campo. Quase nos acréscimos, a zaga do ABC se atrapalhou, deixou a bola sobrar dentro da área e o goleiro Gilvan cometeu pênalti em Carlos César. Foi expulso. Douglas cobrou a penalidade e a bola entrou, mas não sem antes bater na trave.

Vasco segura resultado e vence

Embalado no retorno do vestiário, o Vasco quase ampliou a vantagem logo no primeiro minuto do segundo tempo. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Aranda, que finalizou para fora. Os donos da casa tiveram diversas oportunidades, mas esbarraram nas próprias limitações para concretizar em gols as finalizações feitas. Com 20 minutos, por exemplo, Diego Renan fez boa tabela com Thales e arriscou de fora da área. Quase anotou. O mesmo ocorreu com Douglas, pouco depois, que tirou tinta da trave do goleiro Camilo.

Jogando com um homem a menos, o ABC ficou acuado e pouco conseguiu sair para o ataque. Mesmo assim, fez boa marcação e neutralizou parte das ações de um Gigante da Colina acomodado, medroso de se aventurar na frente e ser surpreendido atrás.

O apito do árbitro no fim do jogo foi o maior indicativo disso: significou a vitória cruzmaltina por 1 a 0 com gol de pênalti, em um Maracanã lotado, com os donos da casa atuando com um jogador a mais durante toda uma etapa. A torcida quis mais, mas ficou satisfeita (leia-se, aliviada) com os três pontos.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 0 ABC

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 8/11/2014 – 16h20
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Auxiliares: Fábio Rogério Baesteiro (SP) e Leandro Matos Feitosa (SP)

Renda/Público: R$ 1.324.410,00/42.408 pagantes.
Cartões Amarelos: Madson e Sueliton (ABC).
Cartões Vermelhos: Gilvan 44'/1ºT (ABC).
GOLS: Douglas, 45'/1ºT (1-0).

VASCO: Martín Silva; Carlos César, Luan, Anderson Salles, Diego Renan; Guiñazu, Aranda, Pedro Ken (Thales, 2'/2ºT) e Douglas; Maxi Rodríguez e Kléber (Edmilson, 47'/2ºT). Técnico: Joel Santana.

ABC: Gilvan; Madson, Suéliton, Diego Jussani e Samuel; Fábio Bahia, Daniel Amora, Marcel (Somália, 36'/2ºT) e Ronaldo Mendes; Rodrigo Silva (Alvinho, 28'/2ºT) e João Paulo (Camilo, 44'/1ºT). Técnico: Roberto Fonseca.