icons.title signature.placeholder Thiago Silva
31/07/2014
18:02

Com o constante crescimento e fortalecimento das ligas européias e, em viés oposto, a queda cada vez maior da qualidade e da organização do futebol nacional, está se tornando comum encontrar brasileiros que sejam torcedores de clubes estrangeiros, já que as outras ligas estão se tornando mais atrativas. É o caso da 'Unidos por el Real Madrid', a maior torcida oficial do clube merengue no Brasil.

Fundada em 23 de março deste ano a peña já conta com 80 associados. A presidente e fundadora da torcida, Alessandra Brandão, falou ao L!Net sobre sua experiência com o Real Madrid e sua inspiração para criar a peña.

- Acompanho o Real Madrid desde nova. Quando eu estive em Madri, em 2011, fui ao Santiago Bernabeu. No museu do Real Madrid tem uma parede com as torcidas madristas pelo mundo, as peñas. Essa parede começava na letra a e não tinha a letra b, não tinha o Brasil. Daí resolvi criar a peña. Sempre pensei, quando ganharmos a 10ª Champions, como que eu vou comemorar? Com quem? Vi o Corinthians ganhar o mundial e os torcedores fecharem a Av. Paulista. Olhei e pensei, vou fazer isso também - revelou.

Os associados da peña, em sua maioria jovens de 18 a 24 anos, se reúnem para acompanhar os jogos do Real Madrid. Os encontros são avisados, apesar de serem marcados sempre em um bar madrilista no bairro da Moema, zona da boêmia paulista. A torcida conta com um plano de sócios bastante estruturado, que fornece descontos em diversos locais.

- Temos sócios espanhóis que residem no Brasil. Muitos são sócios porque torcem pro Cristiano Ronaldo e pra seleção portuguesa. Muita gente também se associou por causa do plano de sócio, das vantagens. Não são apenas os jovens. O bar que a gente frequeta virou um bar madrilista. Todo mundo já sabe, que se vai ter jogo, vamos pra lá - disse Alessandra.

Associados se reúnem para assistir as partidas do Real Madrid (Foto: Divulgação)

A presidente também revelou que apesar da distância a peña mantém contato com o clube merengue, que inclusive divulga a ação em seu site oficial, e com as outras peñas madrilistas espalhadas pelo mundo. O Real Madrid é sempre atualizado dos números e das ações dos torcedores.

- Eles entendem que estamos fazendo algo bom para o clube. Estamos no site oficial do Real Madrid como a peña oficial brasileira. Então se um torcedor do Real vem ao Brasil, ele já sabe onde ir para acompanhar um jogo. Esse ano criamos a federação internacional das peñas. Temos um bom relacionamento com o clube, mantemos contato e enviamos relatórios - contou.

A peña brasileira ainda não teve nenhuma ação específica do Real Madrid por causa de seu pouco tempo de atuação, mas ações já são estudadas, como a excursão dos sócios à Madri.

- Ainda não tivemos nada organizado pelo clube, até porque, começamos a atuar em março, temos apenas quatro meses de criação. Uma das metas da peña é uma viagem em maio de 2015 para Madri. Quando formos temos preferência na compra de ingressos, um responsável do Real receberá a gente. Tem todo um serviço de acolhimento - disse.

A peña não se limita apenas a torcer para o Real Madrid. Com um cunho social, a torcida já organizou algumas ações. A mais recente delas, a troca de copos personalizados usados nos estádios durante a Copa do Mundo por alimentos. Aproveitando a grande procura pelos copos do mundial e com cerca de 200 disponíveis para trocas, arrecadaram meia tonelada de alimentos para doação.

- A Unidos por el Real Madrid se orgulha de promover ações como essa . É muito bom ligar o futebol a causas nobres e sociais. Estamos muito orgulhosos de todos os envolvidos e, principalmente, dos resultados - finalizou.