icons.title signature.placeholder Frederico Ribeiro e Thiago Fernandes
icons.title signature.placeholder Frederico Ribeiro e Thiago Fernandes
28/07/2013
15:49

O torcedor cruzeirense Carlos Magno, de 42 anos, estava relaxado no Mineirão antes de o seu time encarar o Atlético-MG no clássico mineiro deste domingo. Sócio-torcedor do clube, Carlos não se preocupava com a fase de campeão da Libertadores do seu rival e até acredita que, após uma espera de 42 anos, o Galo merecia ouvir parabéns da Raposa e de seus torcedores.

- Eu não me preocupo nenhum pouco com este título da Libertadores do Atlético. Para um clube que esperou 105 anos para conseguir isso, 42 anos na fila por um título importante, acho que temos que dar os parabéns para eles. Tem que ter muita fé para torcer para um clube assim. Temos que adotar um clima de cordialidade, pela nossa grandeza. A taça que eles estão reverenciando tanto, nós temos duas há 16 anos - disse Magno.

Carlos é sócio-torcedor da modalidade Tríplice Coroa e não perde um jogo do Cruzeiro no Mineirão. Apesar de mostrar confiança na vitória da Raposa na tarde deste domingo, por ser o dono da casa.

- Acho que o Cruzeiro tem a obrigação de vencer todos os jogos dentro de casa. Como mandante, não importa se é clássico, tem que vencer. E ainda acho que o Atlético, com reservas, será mais perigoso se fosse com titulares. Já que os reservas precisam provar para o Cuca alguma coisa. Os titulares estão todos de ressaca do título deles - completou Carlos, que acredita que Marcelo Oliveira ainda precisa aperfeiçoar um pouco mais o time.

O torcedor cruzeirense Carlos Magno, de 42 anos, estava relaxado no Mineirão antes de o seu time encarar o Atlético-MG no clássico mineiro deste domingo. Sócio-torcedor do clube, Carlos não se preocupava com a fase de campeão da Libertadores do seu rival e até acredita que, após uma espera de 42 anos, o Galo merecia ouvir parabéns da Raposa e de seus torcedores.

- Eu não me preocupo nenhum pouco com este título da Libertadores do Atlético. Para um clube que esperou 105 anos para conseguir isso, 42 anos na fila por um título importante, acho que temos que dar os parabéns para eles. Tem que ter muita fé para torcer para um clube assim. Temos que adotar um clima de cordialidade, pela nossa grandeza. A taça que eles estão reverenciando tanto, nós temos duas há 16 anos - disse Magno.

Carlos é sócio-torcedor da modalidade Tríplice Coroa e não perde um jogo do Cruzeiro no Mineirão. Apesar de mostrar confiança na vitória da Raposa na tarde deste domingo, por ser o dono da casa.

- Acho que o Cruzeiro tem a obrigação de vencer todos os jogos dentro de casa. Como mandante, não importa se é clássico, tem que vencer. E ainda acho que o Atlético, com reservas, será mais perigoso se fosse com titulares. Já que os reservas precisam provar para o Cuca alguma coisa. Os titulares estão todos de ressaca do título deles - completou Carlos, que acredita que Marcelo Oliveira ainda precisa aperfeiçoar um pouco mais o time.