icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/11/2014
08:00

A dramática classificação contra o Emelec (EQU) na Copa Sul-Americana deixou Rogério Ceni ainda mais empolgado com sua reta final de carreira, que já dura mais de 24 anos no São Paulo. Garantido na semifinal do torneio continental, o goleiro-artilheiro deixa claro que sonha em erguer mais um troféu antes de se aposentar dos gramados.

- Seria um desejo realizado. Coroaria uma carreira de tanto tempo. Mas é difícil, só ver o exemplo de hoje (quarta-feira)... Um caldeirão (no estádio George Capwell), o time no embalo da torcida... - avisou o Mito.

Apesar das dificuldades que podem aparecer mais uma vez na Copa Sul-Americana, Ceni confia que o grupo de jogadores do São Paulo poderá se superar mais uma vez. A confiança do capitão, que contra o Emelec cedeu a faixa ao volante Denilson, se deve à forma como o time encarou a maratona de jogos e viagens das últimas semanas.

- Me orgulho de trabalhar com esse grupo no fim de carreira. É um grupo que não desiste, mesmo com tantas viagens. Agora vamos enfrentar mais uma batalha pelo Campeonato Brasileiro - projetou.

O próximo compromisso tricolor no torneio nacional está marcado para domingo, às17h, contra o Vitória. A partida no Barradão, em Salvador, pode fazer com que o São Paulo mais uma vez encoste no líder Cruzeiro. A diferença atualmente é de cinco pontos e os mineiros pegam o Criciúma no Mineirão já pensando na final da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG.