icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/06/2014
17:20

O treinador Marquinhos Santos teve que montar um novo time do Bahia nesta quarta-feira (04), diante do Sport, já que seus principais jogadores estavam vetados pelo departamento médico do clube. Um dos reservas que recebeu uma chance foi o meia argentino Emanuel Biancucchi, irmão de Maxi, cujo desempenho agradou ao técnico.

- A característica dele foi determinante para a mudança de estilo. Emanuel oscila nos treinamentos, e isso cria uma desconfiança no treinador. Aos poucos, ele foi correspondendo. Fez um bom primeiro tempo, ajudou na transição, não em velocidade, mas com posse de bola.

Apesar de ajudar o setor criativo do Tricolor de Aço, a boa performance de Emanuel não foi suficiente para ajudar ao Bahia vencer: o placar foi de 1 a 0 para o Sport, mas quem roubou o foco da partida foi a arbitragem.

O árbitro paulista Marcelo Aparecido de Souza expulsou dois jogadores do Bahia na segunda etapa da partida e, sem o goleiro Marcelo Lomba e o lateral Roniery, o Bahia não segurou o Sport e levou um gol. O treinador Marquinhos Santos não poupou críticas à arbitragem.

- Parece desculpa, mas isso compromete (as expulsões). Mas há de se fazer algo, alguma atitude jurídica. Não podemos ser prejudicados. Não pode novamente acontecer o que ele fez com a camisa do Bahia.