icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
01/02/2015
22:12

Depois da vitória por 3 a 0 sobre o Marília, neste domingo, na Arena Corinthians, pela estreia no Campeonato Paulista, o técnico Tite já voltou suas atenções para o duelo diante do Once Caldas (COL), na próxima quarta-feira, pela Copa Libertadores.

Como sempre, surgem os questionamentos sobre o desastre contra o Deportes Tolima (COL), em 2011, quando o Timão caiu na mesma fase de forma surpreendente. Tite era o treinador. Agora, ele destaca a importância do lado psicológico e quer apoio do torcedor alvinegro em casa.

- Fica como aprendizado, lição (a eliminação para o Tolima). Você aprende com derrotas e vitórias. Mentalmente, você precisa estar muito forte. O atleta sente quando há desconfiança. O estádio ecoa. Então, peço que a torcida apoie. O Felipe vai ficar maior, Lodeiro vai ficar maior, Jadson vai ficar maior, Luciano, Petros... Se eu sinto isso, com 52 anos, imagina um garoto. Busco nível alto de concentração. Esse carinho da torcida é diferente - afirmou o técnico, em entrevista coletiva.

Tite mostrou-se satisfeito com o desempenho de seus comandados neste domingo. Para ele, o aspecto físico é o maior problema atual, já que é início de temporada. Mesmo assim, ele elogiou a vontade na etapa inicial.

- A equipe vai buscando maturidade e crescendo. Fiquei muito contente com o segundo tempo. Eu lembro muito bem do Tolima também. Vou sair daqui (do estádio) e vou entrar para dentro de todos os vídeos. Eles (Once Caldas) jogavam com losango, agora têm movimentos de 4-2-3-1. Estamos acompanhando - afirmou.