icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2013
18:46

Marcar seis gols de diferença. Essa é a missão quase impossível do Atlético-GO diante do Cruzeiro, nesta quarta-feira, pela terceira fase da Copa do Brasil. Como no primeiro jogo os mineiros golearam por 5 a 0, o Dragão precisa operar um verdadeiro milagre no Serra Dourada para avançar na competição.

Apesar da situação desconfortável, o atacante Pipico garantiu que não vai faltar empenho da equipe.

- A gente sabe que é uma missão muito complicada pelo resultado do primeiro jogo. Mas aqui no Serra Dourada o Atlético é forte e no futebol não podemos falar que uma coisa é impossível. Então vamos entrar em campo e tentar buscar uma vitória para dar mais confiança para os próximos jogos - destacou o atacante, ao site oficial do clube.

Além das adversidades dentro de campo, fora dele o clube afastou nove jogadores na última segunda-feira:os laterais Jonh Lennon, Leonardo e Paulo Henrique Martins, o volante Madson, os meias Elivélton, Robston, Felipe Brisola e Felipe Arebalo, além do atacante Wiliam Barbio.

Como Rafael Cruz e Anselmo já atuaram pela Copa do Brasil pelo Ceará, eles não poderão enfrentar a Raposa. Assim, René Simões segue com Diogo Campos na lateral-direita e Jorginho no meio campo. Outra novidade no time testado nesta segunda-feira foi o volante Renan Foguinho, recém-contratado. Dessa forma, em relação a formação do jogo da ida, René troca um atacante por um volante e Pipico é a referência no ataque.

CRUZEIRO
O Cruzeiro, por sua vez, não demonstra tanta preocupação com a partida diante do Atlético-GO. Não é à toa que o técnico Marcelo Oliveira planeja utilizar um time misto no confronto deste meio de semana. Dos titulares no domingo, contra o Náutico, somente Fábio, Egídio, Ricardo Goulart e Lucca estarão em campo.

A defesa conta com três novas peças. O volante Lucas Silva será improvisado na lateral direita, enquanto a zaga é formada por Léo e Paulão. Mayke, Dedé e Bruno Rodrigo, portanto, estão fora da lista de titulares para o compromisso de logo mais.

No meio de campo, Marcelo Oliveira utiliza três nomes distintos. A contenção é formada por Leandro Guerreiro, Uelliton e Tinga. O trio não era aproveitado, mas recebe uma chance diante do Dragão. Ricardo Goulart segue na armação.

O ataque é formado por Lucca e Anselmo Ramon. O jovem Vinícius Araújo, autor de dois gols no fim de semana, será poupado. Luan também não entra como titular no jogo válido pela Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO X CRUZEIRO

Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data/Hora: 16/7/2013, às 19h30
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

ATLÉTICO-GO: Márcio; Diogo Campos, Artur, Diego Giaretta e Ernandes; Dodó, Renan Foguinho, Marino, Jorginho e João Paulo; Pipico. Técnico: René Simões.

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Silva, Léo, Paulão e Egídio; Leandro Guerreiro, Uelliton, Tinga e Ricardo Goulart; Lucca e Anselmo Ramon. Técnico: Marcelo Oliveira.

Marcar seis gols de diferença. Essa é a missão quase impossível do Atlético-GO diante do Cruzeiro, nesta quarta-feira, pela terceira fase da Copa do Brasil. Como no primeiro jogo os mineiros golearam por 5 a 0, o Dragão precisa operar um verdadeiro milagre no Serra Dourada para avançar na competição.

Apesar da situação desconfortável, o atacante Pipico garantiu que não vai faltar empenho da equipe.

- A gente sabe que é uma missão muito complicada pelo resultado do primeiro jogo. Mas aqui no Serra Dourada o Atlético é forte e no futebol não podemos falar que uma coisa é impossível. Então vamos entrar em campo e tentar buscar uma vitória para dar mais confiança para os próximos jogos - destacou o atacante, ao site oficial do clube.

Além das adversidades dentro de campo, fora dele o clube afastou nove jogadores na última segunda-feira:os laterais Jonh Lennon, Leonardo e Paulo Henrique Martins, o volante Madson, os meias Elivélton, Robston, Felipe Brisola e Felipe Arebalo, além do atacante Wiliam Barbio.

Como Rafael Cruz e Anselmo já atuaram pela Copa do Brasil pelo Ceará, eles não poderão enfrentar a Raposa. Assim, René Simões segue com Diogo Campos na lateral-direita e Jorginho no meio campo. Outra novidade no time testado nesta segunda-feira foi o volante Renan Foguinho, recém-contratado. Dessa forma, em relação a formação do jogo da ida, René troca um atacante por um volante e Pipico é a referência no ataque.

CRUZEIRO
O Cruzeiro, por sua vez, não demonstra tanta preocupação com a partida diante do Atlético-GO. Não é à toa que o técnico Marcelo Oliveira planeja utilizar um time misto no confronto deste meio de semana. Dos titulares no domingo, contra o Náutico, somente Fábio, Egídio, Ricardo Goulart e Lucca estarão em campo.

A defesa conta com três novas peças. O volante Lucas Silva será improvisado na lateral direita, enquanto a zaga é formada por Léo e Paulão. Mayke, Dedé e Bruno Rodrigo, portanto, estão fora da lista de titulares para o compromisso de logo mais.

No meio de campo, Marcelo Oliveira utiliza três nomes distintos. A contenção é formada por Leandro Guerreiro, Uelliton e Tinga. O trio não era aproveitado, mas recebe uma chance diante do Dragão. Ricardo Goulart segue na armação.

O ataque é formado por Lucca e Anselmo Ramon. O jovem Vinícius Araújo, autor de dois gols no fim de semana, será poupado. Luan também não entra como titular no jogo válido pela Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO X CRUZEIRO

Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data/Hora: 16/7/2013, às 19h30
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

ATLÉTICO-GO: Márcio; Diogo Campos, Artur, Diego Giaretta e Ernandes; Dodó, Renan Foguinho, Marino, Jorginho e João Paulo; Pipico. Técnico: René Simões.

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Silva, Léo, Paulão e Egídio; Leandro Guerreiro, Uelliton, Tinga e Ricardo Goulart; Lucca e Anselmo Ramon. Técnico: Marcelo Oliveira.