icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2013
11:18

É quase unânime que o Corinthians é considerado favorito no clássico contra o São Paulo, neste domingo, no Pacaembu, às 16h, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Em melhor momento, com dois títulos no ano e diante da sua torcida, o Timão vive o oposto do rival.

Em crise, o Tricolor não vence há 11 partidas e acumula oito derrotas consecutivas, a maior de sua história. A pior sequência negativa vivida até então havia sido somente em 1936. Perder o clássico, à essa altura, só faria as coisas esquentarem ainda mais para os lados do Morumbi.

Com todas essas diferenças, o LANCE!Net resolveu listar os cinco principais motivos que fazem o time do Parque São Jorge favorito no jogo. Você concorda?

Política
Enquanto o Corinthians vive um momento tranquilo nos bastidores, com eleições distantes e uma gestão que já rendeu títulos importantes, o Tricolor vê na política um de seus principais problemas. Com a escolha para um novo presidente em abril de 2014, a briga pelas urnas já esquenta desde já. Opositores se mexem e Juvel Juvêncio deseja se reeleger. Brigas em churrascos no clube, organizadas ao lado do atual presidente e torcedores comuns contra Juvêncio marcam o momento ruim fora das quatro linhas.

Pacaembu
O fator campo anda pesando e muito à favor do Timão contra o São Paulo. Desde a briga entre Juvenal e Andrés Sanchez, último presidente alvinegro, o time do Parque São Jorge manda seus clássicos no estádio. Contra o rival, foram sete vitórias e apenas uma derrota. A Fiel, que estará mais uma vez em peso no local, também conta positivamente.

Físico
Por conta da viagem para o exterior, que acontece logo após o clássico, o São Paulo jogou de quarta e domingo nas últimas semanas. O Corinthians, por sua vez, teve a última semana livre para se preparar e deve chegar mais inteiro fisicamente para o duelo.

Força total
O Timão tem apenas um jogador fora de combate. O reserva Guilherme Andrade é o único machucado. Só no ataque, Sheik, Romarinho, Emerson, Renato Augusto, Guerrero e Pato são as opções. De resto, os alvinegros vão com todos os titulares. Já no Tricolor, além de Luis Fabiano e Denilson machucados, Paulo Autuori não poderá contar com Lúcio, afastado, e Aloísio, suspenso.

Confiança
Com títulos e uma geração vitoriosa, o Corinthians tem entrado confiante em clássicos. Neste ano, ainda não perdeu nenhum. O Tricolor, com a série negativa, não consegue sair da má situação e o aspecto psicológico tem sido um problema.

É quase unânime que o Corinthians é considerado favorito no clássico contra o São Paulo, neste domingo, no Pacaembu, às 16h, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Em melhor momento, com dois títulos no ano e diante da sua torcida, o Timão vive o oposto do rival.

Em crise, o Tricolor não vence há 11 partidas e acumula oito derrotas consecutivas, a maior de sua história. A pior sequência negativa vivida até então havia sido somente em 1936. Perder o clássico, à essa altura, só faria as coisas esquentarem ainda mais para os lados do Morumbi.

Com todas essas diferenças, o LANCE!Net resolveu listar os cinco principais motivos que fazem o time do Parque São Jorge favorito no jogo. Você concorda?

Política
Enquanto o Corinthians vive um momento tranquilo nos bastidores, com eleições distantes e uma gestão que já rendeu títulos importantes, o Tricolor vê na política um de seus principais problemas. Com a escolha para um novo presidente em abril de 2014, a briga pelas urnas já esquenta desde já. Opositores se mexem e Juvel Juvêncio deseja se reeleger. Brigas em churrascos no clube, organizadas ao lado do atual presidente e torcedores comuns contra Juvêncio marcam o momento ruim fora das quatro linhas.

Pacaembu
O fator campo anda pesando e muito à favor do Timão contra o São Paulo. Desde a briga entre Juvenal e Andrés Sanchez, último presidente alvinegro, o time do Parque São Jorge manda seus clássicos no estádio. Contra o rival, foram sete vitórias e apenas uma derrota. A Fiel, que estará mais uma vez em peso no local, também conta positivamente.

Físico
Por conta da viagem para o exterior, que acontece logo após o clássico, o São Paulo jogou de quarta e domingo nas últimas semanas. O Corinthians, por sua vez, teve a última semana livre para se preparar e deve chegar mais inteiro fisicamente para o duelo.

Força total
O Timão tem apenas um jogador fora de combate. O reserva Guilherme Andrade é o único machucado. Só no ataque, Sheik, Romarinho, Emerson, Renato Augusto, Guerrero e Pato são as opções. De resto, os alvinegros vão com todos os titulares. Já no Tricolor, além de Luis Fabiano e Denilson machucados, Paulo Autuori não poderá contar com Lúcio, afastado, e Aloísio, suspenso.

Confiança
Com títulos e uma geração vitoriosa, o Corinthians tem entrado confiante em clássicos. Neste ano, ainda não perdeu nenhum. O Tricolor, com a série negativa, não consegue sair da má situação e o aspecto psicológico tem sido um problema.