icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/11/2014
19:50

Apenas três anos se passaram desde que Thomas Almeida estreou no MMA profissional e sua contratação pelo UFC sempre pareceu questão de tempo. Neste sábado, ele estreia no octógono, no UFC Uberlândia, contra o americano Tim Gorman, na categoria peso-galo. Invicto em 17 lutas, Thominhas também chega credenciado pelo título do Legacy FC, conquistado em junho, e faz a segunda luta do card preliminar do evento.

Desde que recebeu a confirmação da assinatura do contrato com o Ultimate, em junho deste ano, Thomas Almeida não escondeu a ansiedade para a estreia e a expectativa por conta do cartel impressionante. Das 17 vitórias na carreira, 14 delas foram por nocaute, três por finalização e 15 terminadas ainda no primeiro round. O atleta garantiu que conviver com essa ansiedade e pressão só o motiva ainda mais para o combate, e aumenta sua confiança em iniciar uma trajetória no UFC.

- Meus números são resultado de muito trabalho com todos da minha equipe. Não me sinto pressionado, pelo contrário, me sinto motivado a treinar cada vez mais e superar as expectativas que colocam em cima de mim. Só quando fechar a porta do octógono que vou sentir a verdadeira sensação de estrear no UFC. Estou bem tranquilo, minha rotina é a mesma dos últimos 17 combates, só intensificamos os treinos de acordo com o estilo do meu adversário - ponderou Thominhas.

Seu adversário, Tim Gorman, chega ao Brasil para seu segundo duelo no Ultimate. Após estrear com derrota em abril deste ano, busca sua nona vitória na carreira, e com seis dos oito triunfos na carreira conquistados ainda no primeiro round, o confronto com Thomas Almeida prometeu emoção.

- Conheço um pouco do jogo do Tim Gorman, ele é um wrestler, gosta de jogar por cima e troca bem porrada, é bem completo. Não gosto muito de falar em estratégia, então digo que estou treinando de tudo. Vou sentir meu adversário e onde estiver mais à vontade, vou levar a luta - garantiu.